Capelania

(Fonte: estudandopalavra.blogspot.com) Capelania, um espaço a ser ocupado pelos pastores vocacionados para este Ministério.
Existe capelania na área médica e na área militar.
O Rio de Janeiro -Brasil, está precisando de pastores e sacerdotes para ministrar sobre a vida dos integrantes das Polícias Civil e Militar do estado e posívelmente na Corporação dos Bombeiros [no RJ é uma unidade destacada da PM].
Os membros do SAR(SERVIÇO DE ASSITÊNCIA RELIGIOSA), pediram a Secretaria de Segurança o aumento do efetivo. Se você tiver interesse nesta área ministerial, prepare-se pois, em breve pode ser aberto concurso público para preenchimento de vagas, além de ser um trabalho, é uma porta aberta para falar do Evangelho e fortalecer os integrantes da Polícia espiritualmente.
A Secretaria estadual de Segurança recebe pedido para aumentar número de padres e pastores na PM. Com este pedido, os seis padres e três pastores que integram o quadro da polícia bateram à porta do Secretário Estadual de Segurança, José Mariano Beltrame. Com um efetivo de nove homens, a capelania pede reforço de efetivo. Eles querem dobrar o número de policiais no setor.
Para provar que são operacionais, a irmandade de farda apresenta seus números. Somente nos primeiros seis meses deste ano, eles atenderam a nada menos do que 25.578 mil ocorrências.E os argumentos não param por aí. A área de atuação do batalhão da fé é do tamanho do estado. E os atendidos, vão além dos 38 mil policiais militares.
- Fazemos missas e cultos nos batalhões, realizamos casamentos, damos aconselhamentos, ouvimos confissões, visitamos policiais presos e hospitalizados, abençoamos operações, visitamos os parentes e ainda tem os sepultamentos e velórios - enumera o major e padre Marcelo de Assis Paiva, que é comandante do Serviço de Assistência Religiosa (SAR).
- O ideal é que tivéssemos 20 capelães. Só assim, poderíamos dar a assistência adequada aos policiais e seus familiares - diz.
Prova para entrar: O pedido foi aprovado por Beltrame, mas para que o reforço chegue, o governador Sérgio Cabral precisa autorizar a inclusão de mais dez homens na folha de pagamento da PM. Caso o pedido seja aprovado, os interessados terão de fazer prova para a Polícia Militar. Mas este não é o único processo seletivo. Para dividir a batina com a farda, os candidatos têm de ser indicados pela igreja.- No caso dos católicos, o bispo indica uma lista. Os selecionados, então, têm de passar em todas as provas e etapas do processo seletivo - disse o padre. Além de chefiar a seção, major Marcelo - que prefere ser chamado de padre, atua nas quatro unidades médicas da corporação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete