Mais de 3.300 se convertem em evento americano

Apesar de estar seguro acerca do lugar do seu filho no Céu, o evangelista Greg Laurie confessou a milhares de pessoas em Filadélfia que ele nunca estará em paz com a morte do filho.
Da mesma forma, ele nunca estará em paz com a sua própria morte ou de quem quer que seja, disse, porque “a morte é o inimigo.”
Laurie falou a cerca de 45.500 pessoas no Centro Wachovia, em Filadélfia, onde dirigiu pela segunda vez o evento evangélico de três dias, Harvest Crusade, desde a morte do seu filho mais velho, Christopher.
Nos meses seguintes à morte de Christopher em 24 Julho, Laurie tem lançado pensamentos e memórias em blogues acerca do seu filho, e como Laurie olhou para a sua fé Cristã enquanto sobrevivia à tragédia.
“Os pais querem sempre proteger, dar e ‘reparar as coisas’. Mas eu não consigo ‘reparar’ isto. Não consigo trazê-lo de volta,” escreveu Laurie num blogue em Agosto.
“Mas agora, ele já não precisa mais da ajuda do pai. Hoje ele está com o seu Pai celeste que – escusado será dizer – faz um trabalho muito melhor do que o seu pai terreno alguma vez poderia fazer,” acrescentou.
Cristopher tinha 33 anos quando morreu num acidente de carro, menos de um mês antes do início das Harvest Crusades de 2008.
Mensagens acerca da efemeridade da vida e sobre o Céu e Inferno ecoaram em Anaheim e, agora, em Filadélfia. Uma “conversa terra-a-terra sobre o Céu” foi o tema de Harvest deste ano, até mesmo antes do acidente em Julho. Mas a súbita perda do seu filho tornou a mensagem mais pessoal e ainda mais urgente do que a actual crise financeira.
“Quero falar dos assuntos mais relevantes… que são mais importantes do que a prestação da Bolsa, mais importante do que como está o correr o seu dia ou como está a sua carreira,” afirmou Laurie perante a multidão de Harvest, na Sexta-feira.
“Estes são os assuntos mais importantes que alguma vez iremos discutir juntos porque… a vida na terra… é como o flash de um relâmpago,” sublinhou.
Embora ainda sofrendo pelo desaparecimento do filho, Laurie deu boas notícias aos milhares de pessoas que se reuniram, dizendo-lhes que a morte não tem a palavra final.
“Deus tem a palavra final,” frisou o evangelista, que fez questão de mencionar: ele não é um pregador do apocalipse, mas um pregador de Jesus.
“Cristo superou a morte porque Ele morreu na cruz e viveu de novo… Quando um crente de Jesus morre, passa de imediato à presença de Deus.”
Foram 3.365 pessoas as que decidiram aceitar Cristo durante o evento decorrente de 3 a 5 de Outubro. A terceira e última data da Harvest Crusade 2008 está agendada para 19 de Outubro em Nova Iorque.

Fonte: Christian Today Portugal


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete