sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

A manjedoura e você

O dia do nascimento do maior Homem do mundo foi totalmente desprovido de pompas e suntuosidades. O local do Seu nascedouro não era um lugar de ambiente climatizado ou apropriado para recebê-lo ao mundo. Não havida nenhum aparato ou ornamentações caríssimas para enfeitar aquele momento. Não havia muitas luzes para realçar com claridade cada detalhe daquele que seria o primeiro natal. Nem ao menos os parentes e amigos mais chegados estavam presentes para saudá-lo com um “Bem-vindo ao mundo”.

Na verdade o nascimento do Deus-homem foi assim: E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem (Lucas 2.6,7).

Certamente, Jesus nasceu em uma estrebaria, rodeado por animais, aquecido por pedaços de panos e reclinado por cima de um tabuleiro chamado manjedoura, objeto que servia para deitar comida aos animais. E isso, porque não havia lugar para eles nas estalagens e hospedarias da pequenina cidade de Belém.

Contudo, depois de dois mil anos, Jesus ainda continua a nascer. Porém, não mais em uma estrebaria ou estalagem qualquer. Na verdade, nem a maior e mais luxuosa hospedaria ou pousada existente em qualquer lugar do mundo hoje poderia servir como cenário para o nascimento do filho de Deus.

Há somente um lugar que Cristo continua nascendo. E este, é o local mais importante de todos os tempos. Este lugar é o seu coração! É no aconchego do teu coração que o meigo Jesus quer nascer neste dia. É somente aí, dentro desse órgão tão vital a sua vida, que quando o Salvador entrar, você reconhecerá o verdadeiro valor e sentido do natal.

Abra a porta do teu coração para receber a maior dádiva que o homem pode ter: Jesus Cristo em teu ser! E tenha certeza, que ao permitir tal acontecimento, o mesmo será um divisor de águas em sua vida. E você sentirá de uma forma plena e duradoura, a verdadeira paz e felicidade que somente Deus pode nos dar.

A partir de então, em todos os anos, o natal não só fará mais sentido, como você mesmo será parte dessa importante celebração. Então, saberá que a sua pessoa é a causa primordial pela qual veio existir o natal – O amor de Jesus por você.

Obrigado pelo carinho.

Seja sempre bem-vindo ao Blog Gleison Elias.

1 comentários:

Betânia Lima disse...

oi,Estou lhe convidando a comparecer em meu blogger e se unir a campanha de PAZ para 2011,nos ajude anunciar e junte-se a nós. Passe lá e veja como fazer.

Postar um comentário

Caro internauta, fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. Deus te abençoe!

 
Powered by Blogger