Postagens

Mostrando postagens de Setembro 14, 2008
Muitos crentes sérios e fiéis pagam um preço muito alto por envolver-se com política, pois nesse meio há inescrupulosos políticos que usam diversos meios para tirarem vantagem em cima do outro como: mentiras, calunias, falsidade, difamação, perseguição etc. E, se até mesmo o crente fiel não está isento de padecer essas dificuldades quanto mais aquele que não tem testemunho. Veja abaixo o que está acontecendo em algumas partes do nosso país onde cristãos estão envolvidos com politicagem, digo política. (Fonte: papodeteologo.gospelmais.com.br) Fortaleza-CE - A Convenção de Ministros das Assembléias de Deus Unidas do Ceará (COMADUEC), liderada por Shelley Macedo, espalhou 800 cartazes e 100 outdoors contrários à reeleição da atual prefeita Luizianne. Isso porque a prefeita vetou um projeto de lei que obrigava as bibliotecas municipais a possuirem uma Bíblia no acervo. Shelley foi processado pela Justiça Eleitoral e passa por investigação para saber de onde surgiu tanto dinheiro para financi…

Posição atual da CGADB Sobre divórcio

Nos dias 20 a 24 de abril de 2009 será realizado a 39ª Assembléia Geral Ordinária da CGADB, com abertura do culto solene no dia 20, segunda-feira, 19:00 hs, e as plenárias com início às 09:00 hs do dia 21, no Pavilhão de Exposição de Carapina, situado na Rua Constante Sodré, 157, Bairro Santa Lúcia, Vitória, ES. Nestes dias de convenção será deliberados vários importantes temas. E um destes vários temas será o "Posicionamento da CGADB quanto à nulidade ou anulabilidade do casamento, união estável e concubinato, e a revisão do posicionamento acerca do divórcio." Certamente esse será um tema de muita polêmica. E, como os leitores perceberam, possivelmente haverá uma revisão do posicionamento da CGADB quanto ao divórcio. Abaixo o posicionamento atual da CGADB sobre o divórcio deliberado na 32ª Assembléia Geral Ordinária em 1995, na cidade de Salvador-BA, que poderá sofrer uma revisão:
Divórcio
Resolução N° 001/95 Dispõe Sobre o Divórcio A 32ª Assembléia Geral Ordinária da Convenção d…

Questão religiosa causa a demissão de cem funcionários

(Fonte: Portas Abertas, via O Verbo) ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA - Um impasse entre o grupo brasileiro JBS e cem trabalhadores muçulmanos em Greeley, Colorado, exemplifica a crescente impopularidade das religiões no Ocidente. Nas sociedades ocidentais seculares, é predominante a idéia de que a religião não deva ocupar algum papel no cenário público, na política do governo ou de grupos privados. Esse pensamento acaba levando à opressão de grupos que questionam novos costumes e obrigações com base em seus fundamentos religiosos. A JBS – o maior processador de carne bovina na América do Sul – demitiu nesta semana cem trabalhadores muçulmanos que reivindicaram uma jornada de trabalho mais flexível para conciliar suas obrigações religiosas com o serviço. Leia mais.

CHARGE

Imagem
NÃO DURMA NO CULTO!