Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 21, 2008

Bancadas de religiosos querem CPI do Aborto na Câmara

As bancadas evangélica e católica na Câmara dos Deputados prometem dar trabalho para o futuro presidente da Casa. Com cerca de 220 assinaturas e cada vez mais conservadores, os integrantes da chamada Frente. Parlamentar pela Vida - a mesma que fez lobby pesado contra a liberação das células tronco embrionárias - conseguiram fazer com que o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), criasse a CPI do Aborto, para investigar a venda irregular de abortivos como o Citotec e uma rede clandestina de clínicas de aborto no país. Chinaglia, entretanto, vai deixar a instalação da CPI para seu sucessor, que será eleito no início de fevereiro. Convocação de mulheres provoca protestos A proposta de convocar mulheres que praticaram aborto tem apavorado a bancada feminina e entidades de direitos humanos, que temem uma exposição ainda maior ao constrangimento, como as 1.200 já indiciadas em Mato Grosso do Sul. Para funcionar, a CPI precisa ter seus integrantes indicados pelos líderes, mas não há co…

Repercute a anunciada separação de Igreja e Estado

Imagem
(Fonte: ALC via Gnotícias) A decisão do Reino Unido de instaurar a separação entre Igreja e Estado, anunciada esta semana, pode significar que a Igreja Anglicana perderá seus privilégios num prazo de 50 anos.

O anúncio, feito pelo secretário de Estado de Imigração, Phil Woolas, no sítio “Religión Digital” do dia 18 de dezembro, apresenta a consistente razão de que o país tornou-se “multiconfessional”. Conquanto essa posição possa significar um avanço há muito aguardado, mesmo que os motivos estejam bem sustentados por razões de Estado, deve ter efeitos positivos no tempo atual, por causa da realidade há muito marcada pela pluralidade. A decisão anunciada certamente provocará reações antagônicas, apesar de aguardada, podendo criar espaços de liberdade para a vida religiosa e a política, incluída a resultante das relações Estado-Igreja, avaliam especialistas. Entre as primeiras conseqüências, previsíveis, estarão a dessacralização dos assuntos de Estado e a desestatização dos assuntos ec…