Conhecendo um pouco da estrutura administrativa das Assembleias de Deus no Brasil

As igrejas Assembléias de Deus atuam em cada lugar sem estarem ligadas administrativamente à uma instituição nacional. A ligação nacional entre as igrejas é feita através dos seus pastores que são filiados à Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB), com sede no Rio de Janeiro.

Em cada Estado os pastores estão ligados à convenções regionais ou a ministérios. Essas convenções, em geral, credenciam evangelistas e pastores, cuidam de assuntos da liderança e de direção das igrejas. Essas convenções operam um tipo de liderança regional entre a igreja local e a Convenção Geral.

A CGADB era dirigida por uma Mesa Diretora, eleita a cada dois anos numa Assembléia Geral. A partir de hoje (23/04/09), após a eleição de nova mesa diretora na 39ª AGO da CGADB em Carapina, na Serra-ES, serão quatro anos sem direito a reeleição, segundo o novo estatuto aprovado. Para várias áreas de atividades da Assembléia de Deus a CGADB tem um conselho ou uma comissão. Desta forma, existem o Conselho Administrativo da Casa Publicadora (CPAD), o Conselho de Educação e Cultura Religiosa, o Conselho de Doutrinas, o Conselho Fiscal, o Conselho de Missões, a Secretaria Nacional de Missões (SENAMI), e a Escola de Missões das Assembléias de Deus (EMAD).
Fonte: Portal Assembleia de Deus 100 anos

Comentários

  1. Olá... vim me atualizar e deixar o meu toque
    O irmão pode pegar o selo - Oremos uns pelos outros e juntar-se a nós em oração uns pelos outros.
    Paz

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro internauta, fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. Deus te abençoe!

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete