O Orkut revela o cristão que há em nós

Por

Sidney Nunes


O Orkut se tornou uma febre mundial entre crianças, adolescentes, jovens e adultos. Todos querem fazer parte e assim se comunicar com amigos que estão distantes ou até próximos, ainda que sejam vizinhos. Para muitos, quem não está no Orkut é considerado um analfabeto moderno.

Orkut não é o único site de relacionamento na internet. Existem mais de 300 como este espalhados pela rede de computadores. O Brasil lidera o ranking de maior número de usuários do Orkut no mundo todo. De mais de setenta milhões de internautas espalhados pelo planeta, mais de 70% estão na bandeira verde-amarela do Brasil varonil.

O problema não está no Orkut, pois até eu e toda minha família temos um pedacinho nosso lá: fotos, recados, etc, mas naquilo que nós evangélicos estamos expondo em nossas páginas de apresentação e nas comunidades em que estamos participando.

Há alguns dias estava olhando as comunidades que alguns irmãos em Cristo participam. Me deparei com várias que me assustaram e que nem tenho coragem de lembrar devido aos palavrões que li ao abrir as páginas desses sites.

Imaginei como seria a intimidade com Jesus desses tidos como “irmãos” que perdem o tempo tão precioso da vida escrevendo bobagens na Internet. Também encontrei algumas comunidades muito abençoadas como as que relatarei com imenso prazer, por exemplo: “Eu Quero Namorar, Noivar e Casar”, “Eu Sou Para Casar” e “Meu Melhor Amigo é Jesus”.

Também temos o que falar das páginas de apresentação pessoal. Como pode um crente escrever “eu sou um garanhão”? Não cai nada bem. Poderia escrever assim “eu sou um cara de oração”. Com certeza ficaria melhor e as jovens cristãs se sentiriam bem mais interessadas.

Há também que mencionar as fotos apresentadas nas páginas do Orkut de vários crentes. Outro dia, navegando na página de uma certa liderança de uma igreja aqui em Salvador, levei o maior susto com as fotos ali postadas, pois pareciam fotos de websites de pornografia.

Não quero parecer um irmão chato ou quadrado. Afirmo que o sou de verdade e tenho carteirinha de CRENTE CHATO! Porém, Jesus disse: “Mas o que sai da boca vem do coração” Mateus 15:18. Em outras palavras, a boca fala do que o coração está cheio.

Será que essas páginas de apresentação e essas comunidades não expressam simplesmente o que sai do coração desses nossos irmãos cristãos? Será que o Orkut que o nosso coração expressa tem coisas boas para dizer ou não? De que comunidades você participa? E a sua página de apresentação, o que diz? Quais são as comunidades das quais você se deixa participar? Como estão as fotos ali postadas? E seus filhos? E seus liderados? Reveja seus conceitos e, como cristão, reflita nisso com urgência!!!

Sempre estarei batendo na mesma tecla: nós, cristãos, temos em mãos a maior oportunidade que a história nos concede de evangelizarmos pela rede de computadores. Em diversas conversas online sempre pergunto aos irmãos que estão do outro lado: “Você já falou de Jesus a alguém esta semana pela internet?“.

Fonte: www.institutojetro.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete