Postagens

Mostrando postagens de Junho 21, 2009

Considerações de C. H. Spurgeon sobre o hábito da leitura

Imagem
Sobre a passagem de 2 Timóteo 4.13, onde Paulo fez um pedido a Timóteo: "Quando vieres, traze a capa que deixei em trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos", C. H. Spurgeon disse o seguinte:
“...Paulo foi inspirado pelo Espírito, mas, ainda assim, quer livros! Ele esteve pregando por pelo menos 30 anos, mas, ainda assim, quer livros! Ele viu o Senhor, mas, ainda assim, quer livros! Ele foi arrebatado ao terceiro céu, e ouviu coisas que eram proibidas ao homem pronunciar, mas, ainda assim, quer livros! Ele escreveu a maior parte do Novo Testamento, mas, ainda assim, quer livros! O apóstolo disse a Timóteo e da mesma forma diz a todos os pregadores: ‘aplica-te à leitura’.
O homem que nunca lê, jamais será lido; aquele que nunca cita, jamais será citado. Aquele que nunca usa os pensamentos do cérebro de outros homens, prova que ele mesmo não tem cérebro. Irmãos, aquilo que é aplicável aos ministros também é verdade a todo o nosso povo. Você precisa l…

Palestinos acham tumba de 4.000 anos na cidade natal de Jesus

(Fonte:G1/Notícias Cristãs) Área era habitada pelos cananeus, povo que precedeu o antigo Israel. Segundo arqueólogo, túmulos intactos da época são raros.
Trabalhadores que estavam reformando uma casa na cidade de Belém, onde Jesus teria nascido, segundo a tradição dos Evangelhos, descobriram acidentalmente um antigo túmulo intacto, com vasilhas, bandejas, contas de colar e os corpos de duas pessoas, informou o órgão oficial de antiguidades da Autoridade Palestina.
A tumba de 4.000 anos traz dados sobre os costumes mortuários dos habitantes de Belém durante o período cananeu, antes do surgimento do povo de Israel, afirma Mohammed Ghayyada, do Ministério de Turismo e Antiguidades palestino. As obras, perto da Igreja da Natividade, revelaram um buraco levando ao túmulo, que estava a cerca de um metro de profundidade.
O túmulo foi datado do início da Idade do Bronze, entre 1900 a.C. e 2200 a.C. De acordo com Stephen Pfann, historiador e arqueólogo de Jerusalém, o achado "é uma referênci…