Quem mandou beber água benta?

“Mais de 100 são hospitalizados após beber água benta em igreja católica (Gospel Notícias).  Mais de cem fiéis russos foram hospitalizados após beberem água benta durante a celebração religiosa ortodoxa da Epifania na localidade de Irkutsk, no leste do país.
Um total de 117 pessoas –entre elas 48 crianças– foram internadas com dores intestinais agudas após tomarem a água que era oferecida em uma igreja local, informou Vladimir Salovarov, porta-voz do Comitê de Investigações de Irkutsk.
Segundo ele, 204 pessoas receberam tratamento médico após consumirem a água benta.
No entanto, de acordo com o porta-voz, as causas estão sendo investigadas, e ainda é cedo para afirmar que a água foi de fato a causa da doença.
Muitos fiéis russos consideram sagrada a água obtida durante a Epifania — festividade que os ortodoxos celebram em 19 de janeiro.
Frequentemente, a água benta é engarrafada para ser consumida posteriormente.
Uma grande quantidade de água da torneira não é potável na Rússia.”


Normalmente se tem notícias de que a forma mais comum dos católicos (romanos e ortodoxos) utilizarem a água benta é por persignação ou aspersão e nunca por ingestão da mesma. De qualquer forma, se o objetivo deles foi saciar a sede, é bem provável que essa sede seja a espiritual, porque não faria sentido que tantas pessoas consumissem esse líquido durante uma celebração religiosa.

O problema, é que essa água não pode e nunca pôde saciar a sede espiritual de ninguém, visto que essa sensação consiste em uma consciente necessidade diária da presença de Deus. E, assim como a sede física precisa ser saciada, da mesma forma deve-se satisfazer esse desejo espiritual. Contudo, este apetite só é satisfeito quando se bebe da Água Viva – que é um entrega pessoal e incondicional de nossa vida a Deus. O salmista Davi expressou esse desejo de intensa comunhão com Deus quando exclamou: “Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma, Salmo 41.02”.

Em todo o universo só existe um Manancial apenas onde se pode encontrar Água Viva, porém é o suficiente para saciar a sede espiritual de todos os homens e por toda a eternidade. Esta fonte é o nosso meigo Senhor e Salvador Jesus que continua dizendo: “Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna (João 4.14)”.

“Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará (Salmo 37.5)”.

Gleison Elias Pereira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete