sexta-feira, 16 de abril de 2010

Uma lamentável notícia: Metade dos pastores evangélicos nunca leu a Bíblia toda, aponta estudo


Por Redação Gospel+ em sexta-feira, 16 abril 2010

Cerca de 50,68% dos pastores e líderes nunca leram a Bíblia  Sagradapor inteira pelo menos uma vez. O resultado é fruto de uma pesquisa feita pelo atual editor e jornalista da Abba Press & Sociedade Bíblica Ibero-Americana Oswaldo Paião, com 1255 entrevistados de diversas denominações, sendo que 835 participaram de um painel de aprofundamento. O motivo é a falta de tempo, apontaram os entrevistados.

Oswaldo conta que a pesquisa se deu através de uma amostragem confiável e que foi delimitada. Segundo ele a falta de tempo e ênfase na pregação expositiva são os principais impedimentos. “A falta de uma disciplina pessoal para determinar uma leitura sistemática, reflexiva e contínua das escrituras sagradas e pressão por parte do povo, que hoje em dia cobra por respostas rápidas, positivas e soluções instantâneas para problemas urgentes, sobretudo os ligados a finanças, saúde e vida sentimental”, enumera Oswaldo.

A maioria dos pastores corre o dia todo para resolver os problemas práticos e urgentes dos membros de suas igrejas e os pessoais. Outros precisam complementar a renda familiar e acaba tendo outra atividade, fora a agenda lotada de compromisso. Os pastores da atualidade, em geral, segundo Paião,são mais temáticos, superficiais, carregam na retórica, usam (conscientemente ou não) elementos da neurolinguística, motivação coletiva, força do pensamento positivo e outras muletas didáticas e psicológicas. Oswaldo arrisca dizer que muitos ‘pastores precisam rever seus conceitos teológicos e eclesiológicos, sem falar de ética e moral, simplesmente ao ler com atenção e reflexão os livros de Romanos, Hebreus e Gálatas. E antes de ficarem tocando Shofar e criando misticismo, deveriam ler a Torá com toda a atenção, reverência e senso crítico’.¹

1. Imagem e texto extraído do portal de notícias Gospel +


Meu comentário:
Esta pesquisa veio constatar o que se sabia há muito tempo. No ano passado eu já havia escrito um texto sobre este mesmo assunto aqui neste blog intitulado É possível ter obreiros que nunca leram a Bíblia Toda? (Leia aqui). É lamentável, mas por esta pesquisa se percebe que em muitas igrejas a pregação da Palavra de Deus deixou de ser o elemento principal do culto. Agora eu pergunto: como esses obreiros podem cobrar das suas ovelhas a dedicação na Palavra se eles mesmos têm negligenciado a leitura e o estudo da mesma? O Espírito ainda continua a nos dizer: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade, II Timóteo 2.15”. Que possamos continuamente expressar como o salmista Davi: “Os meus olhos anteciparam as vigílias da noite, para meditar na tua palavra, Salmo 119.148”.

2 comentários:

Ricardo André disse...

Caro irmão Gleison, lembro-me daquela passagem que Jesus disse" Na cadeira de Moisés, estão assentados os escribas e fariseus.
Observai, pois, e praticai tudo o que vos disserem; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não praticam.
Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem sobre os ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los.

Não é a mesma coisa hoje em dia?

Deus te abençoe!

Gleison Elias Pereira disse...

Ricardo André, a Paz do Senhor Jesus

Meu nobre irmão, você tem toda a razão. Infelizmente, acontece a mesma coisa nos dias de hoje. Bem disse o sábio Salomão: "Não há nada novo debaixo do sol". Que Deus nos guarde!

Obrigado por seu comentário! Seja sempre bem vindo.

Um abraço!

Postar um comentário

Caro internauta, fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. Deus te abençoe!

 
Powered by Blogger