Falando para um novo convertido...

O texto que segue é um comentário deixado por um novo convertido neste Blog, onde o mesmo conta um pouco de sua vida como novo converso e ainda me pede algumas dicas de oratória. Em seguida segue meus conselhos para este irmão juntamente com as dicas que me pediu. Como o texto foi escrito originalmente em forma de comentário, o mesmo foi editado e adaptado para está postagem.

Comentário:
Paz e graça amado.
Sou novo decidido. Estou muito feliz em fazer parte deste exército que cresce a cada dia...
Busco sempre que posso me alimentar da Palavra do Senhor.
As coisas aconteceram muito rápido em minha vida após aceitar Jesus.
Em menos de um ano de convertido, já recebi algumas responsabilidades na congregação. Feliz e obediente faço as tarefas que me foram impostas, sem falar que fui batizado com o Espírito tendo 15 dias de convertido e batizado nas águas com um mês. Sei que somente o Pai realmente sabe de minha jornada, mas já recebi revelações que dizem sobre meu ministério na Palavra...
Sou um bom leitor das Escrituras, escrevo bem, porém tenho dificuldades de na oratória. Gostaria de receber algumas dicas para que eu possa engrandecer o nome do Senhor de uma forma mais eficiente.
Que nosso deus continue abençoando você e sua família. Obrigado!


Meus conselhos e dicas:
Meu irmão, que a Paz do Senhor Jesus seja continuamente sobre sua vida.

Estou muito feliz por você e pelo milagre que o Senhor Jesus realizou na sua vida. As suas palavras me fizeram relembrar os meus primeiros passos na fé. Pois, assim como está acontecendo tudo rápido com você, também aconteceu comigo a mesma coisa. Fui batizado nas águas, no Espírito, me casei e fui separado para o ministério da Palavra de forma rápida (rápida para nós, mas certamente não foi para Deus). Mas, o que mais me surpreendeu nisso tudo, e glorifico a Deus por isso, é que eu cresci espiritualmente sadio e com maturidade. Portanto, sempre afirmo que a maturidade cristã deve ser um alvo alcançado por todos os crentes. E, esta condição só é adquirida com constante oração e estudo da Palavra do Senhor. Desde cedo, sempre gostei de buscar conhecer as Sagradas Escrituras. E, fico feliz em saber que em você há um constante desejo de se alimentar da Palavra do Senhor. Continue assim!

Certamente, como peregrino nesta terra, durante sua caminhada cristã, você vai conhecer muitas pessoas, vai ouvir e ver tantas coisas, das quais haverá algumas que provavelmente irá te decepcionar. Não se preocupe! Tudo isso faz parte da nossa jornada cristã, pois algumas coisas são necessárias para adquirirmos experiências e crescimento na obra do Senhor. Como já dizia o cantor sacro: “na vida cristã há rosas, mas também há espinhos”. Além de tudo, as coisas boas e excelentes são tantas que sobrepuja as coisas ruins. O importante é você continuamente crescer na “graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo, II Pedro 3.18”. Pois, firmado na Rocha que é Cristo e na Sua Palavra, nada poderá te abalar.

Meu irmão seja sempre obediente ao teu pastor e a toda liderança da tua igreja. Faça a obra do Senhor com amor e seja fiel a tua congregação (Ler Hebreus 10.25). Saiba que o crescimento passa pela obediência. Cuidado com as ofertas que aparecerão para você. Evite pessoas murmuradoras e que criticam a liderança, afaste-se deles e ore por eles.

Sei que não me pediu nenhum conselho sobre os assuntos acima, mas como você é um novo convertido senti em lhe dizer todas estas palavras.

Quanto às dicas de oratória ou de como se falar bem, quero te dizer primeiramente que ninguém se transforma de uma noite para o dia em um bom orador. A boa oratória se conquista dia-a-dia e com um passo de cada vez. É com dedicação e treinamento! A maneira de se expressar e o enriquecimento do vocabulário são pontos que podem ser aperfeiçoados a cada dia para enriquecer sua oratória. Por isso, a leitura é fundamental. Continue lendo (ler muito mesmo, tanto a Bíblia como bons livros) e escrevendo. A prática é amiga da perfeição!

Só para você ter noção da grande importância da leitura para uma boa oratória e consequentemente uma boa pregação da Palavra de Deus, transcrevo abaixo uma Carta do grande avivalista da Inglaterra no século XVIII chamado John Wesley ao seu amigo John Trembath:

Carta de John wesley a John Trembath
(17/08/1760)
“O que tem prejudicado a sua vida no passado e lamento dizer, até hoje, é a sua negligência quanto à leitura. Negligência tal que por sua vez chega a prejudicar até o próprio desejo de ler.
Dificilmente me recordo de um pregador que leia tão pouco. Eis a razão porque seu talento em pregar não aumenta. Você continua pregando como pregava há sete anos; com emoção, porém sem profundidade.
Falta variedade e conteúdo.
A leitura poderá preencher estas lacunas com meditação e oração diária. Você prejudica a si mesmo em omitir tal prática.
Desprezo à leitura impede alguém de ser um pregador maduro. Até para ser um cristão íntegro é mister a leitura adequada. Oxalá que começasse logo!
Separe uma parte do dia para este exercício. Assim adquirirá o sabor por aquilo que faltava; o que parece monótono no início se tornará com o tempo um prazer.
Com ou sem disposição leia e ore diariamente. É para a sua própria vida; não existe outro caminho.
Faltando isso será para sempre um pregador superficial.”
Meu irmão, quando tiver oportunidade faça também bons cursos de oratória, teologia, homilética e hermenêutica.

Espero ter contribuído.

Obrigado por ter entrado em contato. Volte sempre!

Que Deus te abençoe.

Um abraço!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete