A sua postura não traz eficiência na oração


A eficiência na oração não é medida pela postura ou posição do corpo que algumas pessoas assumem durante a oração. Há pessoas que pensam que oração “forte” é aquela feita somente de joelhos no chão. A verdade, é que a bíblia não traz regras específicas sobre qual deve ser a postura do suplicante durante sua oração a Deus.

Desta forma, entende-se que a postura daqueles que vão buscar ao Senhor em oração vai depender do local e do tempo disponível a elas. Assim, as posturas poderão ser as mais variadas possíveis. Somente a “postura” do espírito humano não poderá variar, pois ela deve ser a mesma para todos aqueles que oram, quais sejam: reverência e temor a Deus.

A Palavra de Deus traz referências de muitas pessoas que oraram nas mais diversas posições. A seguir segue uns pouco desses exemplos:

De pés:
O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: O Deus, tem misericórdia de mim, pecador! (Lucas 18.13).

Ajoelhado:
Porque Salomão tinha feito uma plataforma de metal, de cinco côvados de comprimento, de cinco côvados de largura e de três côvados de altura, e a tinha posto no meio do pátio, e pôs-se em pé sobre ela, e ajoelhou-se em presença de toda a congregação de Israel, e estendeu as suas mãos para o céu (2 Crônicas 6.13).

De bruços:
Mas eles se prostraram sobre os seus rostos, e disseram: O Deus, Deus dos espíritos de toda a carne, pecará um só homem, e indignar-te-ás tu contra toda esta congregação? (Nm 16.22).

Prostrado:
O, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou (Salmo 95.6).

De mãos espalmadas:
Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue (Is 1.15).

De mãos levantadas:
Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar, quando levantar as minhas mãos para o teu santo oráculo (Sl 28.2).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete