Postagens

Mostrando postagens de Março 7, 2010

Diário de John Wesley (1º de janeiro de 1737)

Sábado, 1º de janeiro de 1737. Nossas provisões ficaram escassas, já que nossa viagem foi mais longa do que esperávamos, mas tendo um pouco de carne de urso assada (isto é, secada ao sol) [que tínhamos reservado para uma ocasião como esta], a cozinhamos e ela nos pareceu uma comida saudável [embora não muito agradável]. No dia seguinte chegamos no assentamento dos montanheses escoceses em Darien [cerca de 20 milhas de Frederica]. Um povo sensato, habilidoso, cordial e hospitaleiro, cujo ministro, o Sr. McLeod, é um homem sério, determinado e, espero, piedoso.
Na noite desegunda-feiradeixamos Darien [numa canoa longa e estreita] e, naquarta, dia 5, chegamos em Frederica. A maior parte daqueles com quem nos encontramos estava, como já esperávamos, fria e insensível: não encontramos ninguém que tinha conservado seu primeiro amor. ‘Ó, lança Tua luz e Tua verdade, para que elas possam guiá-los! Não deixes que outra vez eles sigam suas próprias imaginações!’
Após ter me esforçado inutilmente …

Se essa moda pega entre os evangélicos: Fiéis Católicos deixam igreja para não ouvir políticos

A missa que a Arquidiocese de Natal celebrou em “agradecimento a Deus” pelos dez anos da Beatificação dos Protomártires do Brasil, hoje, em Uruaçu, no município de São Gonçalo do Amarante, terminou com uma decepção.
Dom Matias Patrício deixou os discursos políticos – prefeito Jaime Calado e governadora Wilma de Faria – para depois da comunhão. Não deu outra. Os fiéis começaram a se retirar. Ou seja, interesse zero pelos ‘discursos’.
Enquanto JC falava, o povo saia. Após, um padre informou que a governadora abrira mão da sua fala, diante da dipersão dos fiéis.

Ah! Se essa moda pegasse entre igrejas evangélicas que em ano eleitoral são assediadas por políticos descompromissados com o Reino e com a sociedade...
Fonte: Tribuna do Norte/Notícias Cristãs