O Pacto de Lausanne e os desafios da igreja contemporânea

Muitos têm ciência que em 1974, foi realizado em uma cidade suíça, conhecida como Lausanne, um célebre congresso Internacional de Evangelização Mundial, um encontro que desafiou e despertou a liderança evangélica de todo o mundo. Na época, esse evento contou com a presença de aproximadamente 2.700 líderes vindos de 150 países, que ao final do encontro acordaram confeccionar um importante documento conhecido como Pacto de Lausanne. Esse documento possui 15 artigos e reafirma temas fundamentais para a igreja cristã, especialmente a evangelização e responsabilidade social da igreja.

Ainda hoje, passado todos esses anos, não há duvida que o Pacto de Lausanne é como um estrondeante instrumento que ainda ecoa aos ouvidos da igreja na finalidade de que a mesma seja despertada para enfrentar os desafios atuais, pois mesmo depois de três décadas de sua promulgação os desafios ainda existem e precisam ser superados. Esses desafios são gerais e também de ordem particular nos indivíduos que se reconhecem como igreja.

Assim, inúmeros são os desafios que tem se colocado diante da igreja atualmente. Talvez, o maior de todos esses desafios é conscientizar cada membro do corpo de Cristo a se tornar um cristão relevante, que venha investir todos os meus dons e talentos em prol de sua comunidade, e num sentido mais amplo, para a própria sociedade. Para isso, é preciso procurar conhecer, estudar e se engajar diante das demandas sociais e políticas de nossas comunidades, levantando uma voz de consolo e esperança para pessoas sofridas e necessitadas.

Outro desafio a ser enfrentado, é reafirmar não só em discurso, mas em atividades também todos os artigos do Pacto de Lausanne, principalmente no que diz respeito a evangelização mundial, pois apesar da notoriedade que esse pacto trouxe ao evangelismo e missões, as igrejas locais têm feito muito pouco com respeito a isso. Precisa-se fazer muito mais para alcançar pessoas e nações com o Evangelho, acreditando que esse mesmo evangelho são as boas novas de Deus para todo o mundo.

Portanto, todos esses desafios têm me estimulado a buscar propósito para minha vida e ministério, começando por aceitar os postulados que preservam minha fé evangélica. Em seguida, sempre buscar o preparo para superar todas as dificuldades a ser enfrentadas, no intuito de ajudar construir uma sociedade marcada pela paz, justiça e tratamento igualitário a todas as pessoas.

O documento que se refere ao Pacto de Lausanne é divulgado em vários portais e site pela internet. Por isso, estimulamos a todos os leitores deste blog a leitura do mesmo.

Comentários

  1. Também nós, da Igreja Batista Existencial, começamos a nos debruçar sobre o texto de Lausane. Este importante documento é pouco difundido nas bases cristãs. É quase um texto esotérico para muitos. Somente por meio de uma iniciativa os conteúdos do Pacto chegarão ao pleno conhecimento de todos a quem interessar deva.

    ResponderExcluir
  2. Que bênção! Parabéns por incentivarem a leitura do Pacto de Lausane.
    Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro internauta, fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. Deus te abençoe!

Postagens mais visitadas deste blog

Um pouco sobre o Círculo de Oração.

Fundo Musical em Pregações? Conheçam o perigo desse modismo.

Tragédia familiar: separação da cantora Lauriete