sábado, 18 de julho de 2009

R.N. Champlin - O Místico intérprete “versículo por versículo” da Bíblia.

Por Lindemberg Ferreira
2 Co 11:3 Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo.
Fiquei impressionado com a quantidade de Teólogos, Professores e estudantes das escrituras que adotam R.N. Champlin como base para seus estudos, o que poucos sabem (ou fazem de conta que não sabem) é que este mesmo autor é esotérico, seus escritos estão cheios de conceitos espíritas e misturas ocultistas, diante deste fato e dos que apresentarei logo mais abaixo, pergunto;
1. Como se pode admitir que se divulgue esse tipo de afirmação não-bíblica em uma obra que pretende interpretar a Bíblia?
2. Quem estaria por trás dessa obra que tanto cativa Cristãos em todo o Brasil?
3. Por que a Editora Hagnos não responde as correspondências que questionam os ensinos contidos em tal Obra?
Prepare-se o que você irá ler “por trás da cortina” é apenas a ponta de Iceberg que pretende cauterizar a mente, uma “serpente” que deseja corromper o coração e levar cativas “evas” espalhadas pelo Brasil com bastante astúcia.
Russel Norman Champlin nasceu em 22/12/1933 em Salt Lake City nos EUA, concluiu bacharelado em Literatura Bíblica no Imannuel College; os graus de M.A. e Ph. D. em línguas Clássicas na University of Utah; fez estudos de especialização (em nível de pós graduação) do Novo Testamento na University of Chicago. Em sua carreira como professor universitário e escritor (atuando na UNESP por 30 anos), publicou três grandes projetos, sua magna opera, a Trilogia:
-O Novo Testamento interpretado.
-A Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia.
-O Antigo Testamento Interpretado.
Vamos analisar o comentário de Champlin em Atos 12.15, vejamos:
“Eles lhe disseram: Estás louca. Ela, porém, persistia em afirmar que assim era. Então, disseram: É o seu anjo”.

No quarto parágrafo Champlin diz(os grifos são meus): “Aqueles primitivos crentes devem ter crido que os mortos podem voltar a fim de se manifestarem aos vivos, através da agência da alma. Observemos que a segunda alternativa, por eles sugerida, sobre como Pedro poderia estar no portão, era que ele teria sido morto e que o seu “anjo” ou “espírito” havia retornado. Portanto, aprendemos que aquilo que é ordinariamente classificado como doutrina “espírita” era crido por alguns membros da igreja cristã de Jerusalém. Isso não significa, naturalmente, que eles pensassem que tal fosse a regra nos casos de morte; porém, aceitaram a possibilidade da comunicação dos espíritos, que a atual igreja evangélica, especialmente em alguns círculos protestantes dogmáticos, nega com tanta veemência.
O famoso escritor evangélico C.S. Lewis apareceu a J.B. Philips tradutor de bem conhecida tradução do Novo Testamento para o inglês, por duas vezes, após a sua morte, e se assentou naturalmente em sua sala de estar, tendo conversado com ele como se nada tivesse acontecido que pudesse ser classificado como falecimento. Porém, por toda parte abundam histórias de fantasmas, e muitos céticos negam tudo. Todavia, há muitos desses fenômenos, sob tão grande variedade, e cruzam todas as fronteiras religiosas, para que se possa duvidar dos mesmos como fatos.
Algumas vezes os mortos voltam, e entram em comunicação com os vivos. Os teólogos judeus aceitavam isso como um fato, havendo entre eles a crença comum de que os “demônios” são espíritos humanos maus, desencarnados. Essa idéia era forte na igreja cristã até o século V D.C., tendo sido apresentada por pais da igreja como Clemente de Alexandria, Justino Mártir e Orígenes, os quais também acreditavam na possibilidade do retorno e até mesmo da reencarnação de alguns espíritos, com o propósito de realizarem ou continuarem suas missões. (Ver esta doutrina em Mat. 16.14). Os essênios, dos quais João Batista parece ter sido membro, também mantinham crenças idênticas. É um equívoco cercarmos as doutrinas de muralhas, supondo em vão que somente nós, da moderna igreja cristã do século XX, temos as corretas interpretações das verdades bíblicas. Ainda temos muito a aprender, sobre muitas questões, e convém que guardemos nossas mentes abertas, pelo menos o suficiente para permitirmos a entrada de uma réstia de luz. Sabemos pouquíssimo sobre o mundo intermediário dos espíritos e supomos que o estado “eterno” já existe, o que todas as evidências mostram não ser ainda assim.
É preciso comentar mais alguma coisa? Prosseguiremos mostrando mais um texto em que Champlin comenta e infiltra com muita “astúcia” seus conceitos espíritas. (os grifos são meus).
Interpretação de R.N. Champlin. Ph. D. de Mateus 14.26
“Os discípulos, porém ao vê-lo andando sobre o mar, assustaram-se e disseram: É um fantasma. E gritaram de medo.”
“FANTASMA”. Tradução de AC, AA e IB, que é melhor do que “espírito”, conforme dizem algumas traduções, pois o grego diz “fantasma” e não “pneuma”. Esta última é que se pode traduzir corretamente como “espírito”. A palavra aparece somente aqui e no paralelo em Marc. 6:49, no N.T. É vocábulo comum na literatura grega, e pode significar aparição sem substância real, visão ou aparição de um espírito humano ou sobre-humano. É interessante observar que os discípulos aceitavam a antiga idéia dessas aparições, até mesmo neste caso que envolveu a Jesus. A aparição de “fantasmas” usualmente era reputada como um mau agouro, especialmente entre os marinheiros. Pode ser que os discípulos tivessem pensado que o “fantasma” quisesse destruí-los mediante a violência do mar ou contra as rochas da costa, e, naturalmente, ficaram aterrorizados.
O comentário de Ellicott diz: “Os discípulos, ainda presos às superstições de seus compatriotas, pensavam que fosse um fantasma”. Bruce escreve: “Um toque de superstição dos marinheiros”. Em contraste com isso, Adam Clarke, o principal expositor do metodismo, opina: “Que os espíritos dos mortos podem aparecer, e, de fato aparecem, tem sido doutrina aceita pelos homens mais santos; essa é uma doutrina que os caviladores, os livres-pensadores e outros, que não se dispõem a aceitar idéias direferentes de suas próprias crenças, jamais foram capazes de refutar”. John Gill acha que o terror dos discípulos foi causado pela crença comum entre os judeus de que os demônios geralmente andavam à noite, procurando fazer mal aos homens. Certa citação, extraída da literatura judaica, diz: “É proibido saudar um amigo à noite, porque pensamos que possa tratar-se de um demônio” (T. Bab. Megella, fol 3.1. Sanhedrin, fol 44.1). Outros se referem a um demônio feminino que se chamava Lilith, que andava à noite com rosto humano, procurando especialmente crianças para roubar e matar. Em face dessas idéias sobre “fantasmas” podemos compreender o medo dos discípulos naquela ocasião.
As pesquisas psíquicas demonstram que não somos tão sábios quanto pensamos e afirmamos, e que neste mundo há muitas coisas sem explicação, e que de fato, fantasmas de algum tipo (ou tipos), de alguma origem (ou origens), existem. Portanto, é possível que a idéia de Adam Clarke, conforme citação acima, contenha uma parte da resposta. Precisamos lembrar que essa questão será uma ciência do século XXI, portanto pouco sabemos sobre a verdadeira natureza do imenso universo em que existimos. Pode ser que nossas idéias venham a sofrer grande revolução e que a nossa cosmologia venha a alterar-se extraordinariamente. Uma boa regra é não negarmos aquilo que não compreendemos, ou acerca das quais pouco temos estudado.
A Natureza Humana: As pesquisas científicas no campo da antropologia metafísica demonstram que o homem é uma complexidade de pelo menos três formas de energias distintas. 1 . O corpo, uma energia física. 2. A vitalidade, uma energia semifísica. 3. A alma (espírito), uma energia espiritual, supostamente fora do campo atômico. O fantasma evidentemente é a vitalidade, que anteriormente fez parte do complexo humano. Esta vitalidade é capaz de certos atos que exigem uma baixa inteligência, e de natureza mecânica. Todavia, o texto aqui está falando da suposta manifestação de um espírito desencarnado.
Realmente parece mesmo ser um agente do espíritismo/ocultismo infiltrado em seminários e bibliotecas de lideres cristãos para introduzir fermento de corrupção e heresias demoníacas...
Ninguém comenta, ninguém fala, mas Russel Norman Champlin escreveu a anos um livro chamado “Evidências cientificas provam que existe vida depois da morte”. No livro ele define suas crenças espíritas... Isto mesmo, o autor da muitas vezes recomendada coleção de comentários bíblicos é espírita e a “obra” dele reflete seu pensamento espírita, como se vê no trecho citado acima.
Que tipo de apologética é esta que se pratica no Brasil? que “engole” há décadas este tipo de “obra”, recomenda, indica, não se importa de ver tal “obra” nas livrarias evangélicas.
Quem desejar se aprofundar nos escritos de Champlin (não recomendo) poderá fazê-lo lendo o livro supracitado: “Evidências científicas..” onde ele defende inúmeras idéias espíritas, ele defende o espiritismo sob capa de “comprovação cientifica” defendendo idéias como reencarnação, fotografia kirliana (fotografar almas) viagens fora do corpo, etc..
Em sua enorme obra enciclopédica comentado o NT (eu li todo o comentário dele a Apocalipse e boa parte de 1 Corintios) ele “semeia” idéias gnósticas e principalmente Universalistas-Unitaristas, um grupo cristão forte nos EUA entre acadêmicos. Os Unitaversalistas crêem na futura salvação de todo ser humano (talvez até do próprio diabo) visto que Deus Criador é amor...
Eu simplesmente não consigo acreditar que o Russel Norman Champlin escreveu sozinho aquela gigantesca obra. Ele é praticamente desconhecido no exterior, sua obra surgiu em épocas em que era comum os EUA enviarem “missionários” que na verdade eram agentes e evidentemente uma “obra” ajudava a dar projeção a uma pessoa. Não estou afirmando, apenas conjecturando uma possibilidade.
Vejam onde o livro dele é lido e recomendado e consta na bibliografia deste curso:
E na bibliografia internacional de projeciologia (projeção astral):
Ainda recomendo encontrar enciclopédias de melhor origem que as dele.
Sugiro que todos divulguem este artigo em sites, listas, blogs, boletins etc. Que sirva de Admoestação aos irmãos, recomendem que estudantes deixem de consultar esta obra e que institutos e livrarias cristãs a deixem de a oferecer como obra de consulta pelo risco que isto significa em termos de “envenenamento”.
Se não concordam em excluir a obra ao menos concordem em classificá-la adequadamente como obra de motivação e pontos de vistas “espíritas” e heterodoxos.
Paz!
Contribuíram com este artigo:
Alexandre Rodrigues
Pr. Sandro
Francisco Nunes
Fonte: portrasdacortina.blogspot.com

83 comentários:

Anônimo disse...

Não tenho essa coleção, mas gostaria de ler ela, sou cristão, mas vai um conselho a você, já que estão distorcidos os estudos desse Chaplim, por que você não faz um melhor?

abraço

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado Anônimo,

Não há necessidade de se esconder no anonimato. Quando você amadurecer mais um pouco e tiver mais zelo pela propagação fiel da Palavra de Deus, eu tenho certeza que sua opinião vai mudar.

Deus te abençoe!

Anônimo disse...

Olá, não estou me escondendo, meu nome é Aislan Cirino, moro em Curitiba-Pr, tenho 30 anos.O email é aislan_revelation@hotmail.com
Nunca li essa coleção, mas gostaria de lê-la, o que eu disse foi simplismente que, se vc conseguiu achar vários "defeitos", o pq de vc não escrever uma melhor, entenda que estou falando no sentido construtivo e não te provocando, entende o que quero dizer né.

Deus NOS abençoe

Gleison Elias Pereira disse...

Irmão Aislan Cirino,
Por favor, queira me desculpar. Na verdade, confesso que havia interpretado seu comentário como uma provocação, principalmente porque estava anônimo.
Vamos deixar isso para lá, porque eu e você sabemos que isento de erros é somente a Bíblia Sagrada.
Confesso, que não devo condenar toda a referida obra de Champlin, porque apesar dessas falhas que citei, entendo que ela tem certo valor.
Quero dizer que seus comentários serão sempre bem vindos aqui neste espaço.
Um abraço e a Paz do Senhor Jesus!

Anônimo disse...

Alguém para criticar uma obra como a do Champlin tem que fazer duas coisas: lê-la na íntegra e fazer outra melhor; o princípio bíblico sempre é válido "julgai todas as coisas, retende o que é bom".

Fernando César, Palmas-Tocantins disse...

Estamos no tempo da colheita. Tempo da separação do joio do trigo. 1Timóteo 4.1e2, revela que os falsos mestres serão pessoas preparadíssimas, que usarão a própria palavra para, mudando "coisinhas", destruírem a boa fé dos que crêem. E não pode ser diferente, como um satanista confesso pode enganar o que crê. Os falsos mestres são aqueles que gozam de grande reputação entre o povo de Deus. O que devemos é ter muito cuidado. Guardar muito bem os Testamentos do Pai. Melhor que escrever obras contestáveis ou não, é anunciar a boa nova da Salvação, lembrando sempre que o fim está, como nunca dantes esteve, à nossa porta. Que o Senhor Jesus, o Cristo, tenha piedade da nossa pequenenice.

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado Fernando, este é um dos principais motivos pela qual a igreja deve se dedicar nos estudos das Sagradas Escrituras. O povo de Deus precisa ser ensinado! Pois semente assim seremos capaz de discernir entre uma doutrina pura e sadia daquela que esta maculada por erros e preceitos humanos. Jesus já disse: "Porventura não errais vós em razão de não saberdes as Escrituras nem o poder de Deus? (Marcos 12.24)".
Assim, somente o conhecimento de Deus e de sua Palavra nos protege da astúcia dos falsos profetas que estão aos montes em nosso meio.
Um abraço e obrigado por sua visita. Volte sempre!

Fernando César, Palmas - Tocantins disse...

Amado Gleison,
Receio ter de discordar de alguns pontos de vossa admoestação (conselhos) acerca do esconjúrio da obra em debate e da sua opinião de que obras suspeitas causam envenenamento aos que crêem. Sinto ter que falar que mesmo eu tendo postado o comentário anterior, devo salientar que os que serão enganados, com certeza, serão os ineptos. Sabe-se que Deus não reputará por inocente o ignorante (grifo nosso). Paulo exorta que leiamos de tudo. Sábio Paulo de Tarso, foi assim que ele fez com que alguns metidos a sábios, engolissem, até no aerópago, seus insultos. Devo expor a todos que leio até muita porcaria ocultista, espírita, gnosticismos etc., mas também devo te informar que, por causa destas leituras "inaproveitáveis", nenhum metidinho a sábio, me faz calar. Também informo-te, que quando absorvemos conhecimentos gerais e globais, encontramos nisto, a fraqueza daqueles que são orientados pelas trevas. Não tem quaisquer valor, a pregação que afirma que determinada instituição é seita ou heresia, ou até mesmo satânica, se o pregador não tem conhecimento profundo sobre o que afirma. Caro e amado Irmão, leio de tudo, mas jamais fui corrompido pelo que li, se fui, foi por minha ignorância, e, não, pela doutrinação da apostasia. Leio, mas só tenho como bússula no meu coração, a Palavra do Pai. Que a paz de Deus e do Senhor Jesus, o Cristo, seja com você e sua família. Sempre a serviço do Rei Jesus, Fernando.

Gleison Elias Pereira disse...

Caro Fernando Cersar,

Entendi sua posição. Creio que uma pessoa que tem maturidade espiritual, pode e deve ter em sua biblioteca pessoal até mesmo o evangelho segundo Alan Kardec e muitas outras obras espúrias, para ler, conhecer, e formar uma opinião própria sobre determinado assunto. Eu também não vejo nenhum problema nisso. Contudo, essa não é a realidade do nosso povo, ou seja, a maioria dentre nossos irmãos em Cristo não possui conhecimento suficiente nem daquilo que é essencial para alicerce da fé, quanto mais de “porcarias” que servem apenas para confundir neófitos e incautos. Para esses, cujos alicerces da vida cristã não estão adequadamente formados, este tipo de literatura causa “envenenamento” sim. E isso, sem falar daqueles que devido a preguiça mental, a indolência e o esfriamento espiritual tornaram-se negligentes para o aprendizado da Palavra de Deus. Tais pessoas precisam ler primeiramente obras que reforcem o conhecimento nas doutrinas bíblicas, e nada mais, enquanto não se estruturarem espiritualmente! O apóstolo Paulo chama a nossa atenção sobre esta mesma verdade quando escreveu: “ainda estais precisando de que alguém vos instrua mais uma vez quanto aos princípios elementares da Palavra de Deus. Voltastes a necessitar de leite, quando já devíeis estar recebendo alimento sólido! Ora, quem precisa se alimentar de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. No entanto, o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante da fé, se tornaram capazes de discernir tanto o bem quanto o mal, Hebreus 5.12-14 (KJA)”. Portanto, sendo esta a situação em que se encontram muitos crentes hoje, prefiro convidá-los a saciarem a sede de conhecimento diretamente de uma fonte pura e verdadeira – a Sagradas Escrituras, e, claro, também em obras que verdadeiramente reforcem o aprendizado bíblico. Agora, como já disse anteriormente, para quem é maduro, não há problemas em examinar outros tipos de literaturas, muito pelo contrário, é até bom para ampliar a visão e o argumento sobre diversos temas.
(Continua...)

Gleison Elias Pereira disse...

Outra coisa Fernando, o livro de Atos dos Apóstolos relata um episódio interessante, onde diversos novos convertidos de Éfeso, sentiram a necessidade de queimar seus livros de ocultismo após crerem no Evangelho que Paulo pregava. “Muitos dos que creram vieram confessando e denunciando publicamente as suas próprias obras. Também muitos dos que haviam praticado artes mágicas, reunindo os seus livros, os queimaram diante de todos. Calculados os seus preços, achou-se que montavam a cinqüenta mil denários, Atos 19.18,19”. Assim, a atitude que esses novos crentes tiveram em queimar aqueles livros foi importante para eles, pois através deste ato demonstraram publicamente que a vida deles estava transformada por Jesus Cristo. Daí, entendo que não haveria necessidade de que eles guardassem esses livros para um posterior exame com a finalidade de reter alguma coisa boa, porque não havia nada de bom para ser retido. Portanto, essas obras precisariam mesmo ser queimadas e o apóstolo Paulo não fez nenhuma objeção quanto a isto. Desta forma, penso que o argumento de que devemos ler de tudo não é cabível em muitas situações. Sinceramente, eu não creio que Paulo quis dizer que podemos ler de tudo quando escreveu: “Examinai tudo. Retende o bem” (1 Ts 5.21). Na verdade, quando observamos o contexto imediato ou versículo anterior, podemos entende também que ele se referia ao exame de profecias e não a leituras pessoais. E esse argumento se corrobora mais ainda quando lemos os referidos versículos em outras versões, tais como essas:
1) “Não desprezeis as profecias, mas ponde tudo à prova. Retende o que é bom, 1 Ts 5.20,21” (ARIB);
2) “Não desprezeis as profecias; julgai todas as coisas, retende o que é bom, 1 Ts 5.20,21” (ARA);
3) Não trateis com desdém as profecias, mas, examinai todas as evidências, retende o que é bom, 1 Ts 5.20,21” (KJA);
4) Não desprezeis as profecias. Examinai tudo: abraçai o que é bom, 1 Ts 5.20,21” (Versão Católica);
5) Não desprezem as profecias, Examinem tudo, fiquem com o que é bom, 1 Ts 5.20,21” (NTLH).
De qualquer forma, como não estamos aqui para debater assuntos relacionados a exegeses e interpretações do texto bíblico, concluo dizendo que o importante é continuamente crescermos na “graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo... (II Pedro 3.18).

Um abraço!

Pedro disse...

Pode ter muita coisa estranha a sã doutrina, mas contem material riquissimo em contexto historico, cultural, politico, geográfico e etc, coisa que os comentarios bíblicos que dispomos em portugues são muito pobres.

Vou comprar a obra, e reter o que é bom.

e Se vc a tem e não a quer, pode me mandar que eu aceito o presente ^^

e-mail: pedrojocumal@hotmail.com

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado Pedro, a Paz do Senhor

Para não ser redundante, vide meu comentário anterior (antes do seu comentário).

Um abraço!

Anônimo disse...

Ola Gleison, a Paz meu irmão, Eu sem sombra de duvida entendo a sua preocupação com a palavra da verdade e tambem defendo que ela deve ser examinada a sombra das Escrituras e não de opinião pessoais de cada um, tenho os 2 comentarios de Champilim, antigo e novo testamento, versiculo por versiculo, e entendo que nenhum irmão que foi lavado e redimido pelo sangue do Cordeiro, possa chamar os dicipulos de João Batista, [como Seita], e chamar de (vidente) o nosso amado irmão João, o qual RECEBEU mediante Revelação, e não que ele tivesse invocado a revelação sem que lhe fosse revelado. Foi por vontade de nosso Senhor que ele escreveu o livro do Apocalipse. Podemos ver que certas passagens do comentario de Champilim, tendem de fato a pender para o lado do espiritismo, não a dúvida nisto. Mais não podemos negar que nesta coleção trata-se de assuntos que estão relacionados a Biblia, e que de fato, podemos encontra ali referencias e estudos, como contextos historicos, politicos, geograficos, culturais, e tabelas que são de grande utilidades para o conhescimento e não para a salvação. não ha como não consulta-los. automaticamente quando deparamos com heresias é normal, e é um dever de todo Cristão combate-las, e hoje em nossos dias, quantos Champilin podemos encontrar por ai, por toda parte sempre iremos encontrar um champilim, e até mesmo dentro de nossas denominações. Devemos vigiar e ficar sempre atentos não somente nos comentarios de Champilim, mais em tudo o quanto lermos, devemos reter o que nos serve, e o que não presta lançar fora. Um Cristão verdadeiro deve em primeiro lugar ter a Biblia como unica regra e fé e ensino, e buscar constantemente comunhão com o Espirito Santo, só assim poderemos entender qual é a verdadeira vontade de Deus.

O resto é só estudo.

Um grande abraço, e que Deus abençõe os que verdadeiramente tem o nosso Senhor Jesus Cristo como único Caminho que nos leva a estar em comunhão com Deus. [Amém]

Hélio / Camboriú / S.C.

Anônimo disse...

Bem,o autor do livro está sendo um historiador,ele não está sendo judeu,nem espirita,nem católico,protestante,etc....Então ele está sendo neutro...Do mesmo jeito no livro dele sobre a imortalidade da alma...só os supersticiosos negam tal coisa,pois vide EQM...mas infelizmente as pessoas não procuram estudar,e se prendem na religião de seus pais.Para tal coisa citam sempre o livro de eclesiastes,onde não notam que o autor parecia ser um saduceu,pois ele chega a falar que ser abortado é melhor do que ter nascido,e que o melhor da vida,é comer e beber...

Porém os que negam a imortalidade do espirito,são como os ateus,que acreditam apenas na matéria(que é invisivel,só a vemos por causa do reflexo da luz atravessando-a...nós somos 99,9% de espaço vazio,porque nosso corpo fisico é formado de átomos,se pudêssemos tocar o átomo,haveria a explosão atômica...

Muita paz a todos!

se quiserem dialogar comigo deixarei meu msn:

rosadesaronh@hotmail.com

e meu blog,se quiseram tirar algo de proveitoso.Isto é,se acharem que tem.

http://rosadesaronh-rosadesaronh.blogspot.com/

Anônimo disse...

Boa Tarde Irmão Gleison Elias.
Meu nome é Celso da Cidade de Contagem MG
Tenho a referida Obra em minha Casa Tanto ao Novo e Antigo Testamento no total de 13 volumes.
Esta Coleção é muito grande e rica para retirarmos meia duzia de interpletações erradas.
Nós cristãos temos que aprender a dar valor em nossos irmãos que tanto trabalharam para nos fornecer tantas informações como Dr. Russel Normam Champlin.
inerante só a biblia o resto temos que analizar, como a propria diz:Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses 5:21.
Para que você possa dar mais valor a esta obra espirimente interpletar apenas o livro de Ge- verciculo por verciculo.

Cristo Jesus o abençõe hoje e sempre

Celso

Anônimo disse...

bom eu acho que a colocação de vcs está correta. Mais nos Cristãos devemos parar de procurar o erro dos outros e tentar tirar essa trave que fica aos nossos olhos... Creio eu que se continuarmos a ficar assim seremos cada vez mais desunidos, e isso não é bom para o corpo... A obra de Champlin é muito rica em conhecimento, mais como é humana tem alguns erros. O unico livro que não contem erros é a Bíblia Sagrada, e nos como temos inteligencia e sabedoria, podemos sim reter o que é bom, e estudarmos mais as Escrituras, para que possamos deixar o nosso legado para os demais estudarem, que talves estes também acharão algo a questionar, e faram o que estamos fazendo agora... Estão que tal para por aqui. Que Deus nos Abençoe...
Caio Andrian

Gleison Elias Pereira disse...

Caros irmãos Celso e Caio Andrian,

Entendo a preocupação de vocês, mas há uma ressalva a ser feita. Assim, para não ser repetitivo, recomendo que vocês lêem a minha resposta acima deixada ao Fernando Cersar.
Um abraço!

cesarbombeiroResgatista disse...

Olá caro Gleison espero que veja este comentário como uma dialética e não em um sentido pejorativo. No seu comentário sobre as obras do Dr. Champlin vejo que você é um apologista de uma fé ortodoxo onde pretende proteger o que pareça para a ortodoxia uma fé genuína, pois defendemos as nossas interpretações conforme achamos que ela é verdadeira ou falsa, e por situações como esta é que há muitas facções dentro de um credo religioso onde todos defendem as suas perspectivas e visões teológicas. Exemplo: aqui no ocidente defendemos uma crença praticamente agostiniana de origem latina que é proveniente da igreja católica e deu origem aos protestantes através de alguns teólogos como Martinho Lutero o precursor de uma nova teologia que perdeu o controle na sua direção e deu origem a uma serie de facções e denominações hoje chamada evangélicas, como: batistas tradicional que não crêem nos dons espirituais, os adventistas que defendem o sábado como doutrina, os testemunhas de Jeová que não crêem no nosso Messias como o Deus eterno e achando que o nosso Senhor é o arcanjo Miguel, a Igreja Cristã do Brasil tem as suas visões como a utilização do véu, e as igrejas petencostais também com suas perspectivas estão indo adiante com muito misticismo, a igreja messiânica crer no messias de Israel o nosso Senhor Jesus mas vivem as tradições judaicas e retiram o ante- semitismo mau interpretado pela igreja que acusaram o judeus de ter matado o Senhor, onde está escrito em Mateus 27. 25 O seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos. Isto justificou a morte de milhões de judeus ao longo dos anos provocada pela igreja, os maus interpretes não perceberam que a multidão foi influenciada pelos sacerdotes como diz o texto. M. 27. 20 Mas os principais sacerdotes e os anciãos persuadiram as multidões a que pedissem Barrabás e fizessem morrer Jesus.

cesarbombeiroResgatista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cesarbombeiroResgatista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cesarbombeiroResgatista disse...

Vale salientar que Dr. Russel Norman champlin não poderia ser diferente, pois o autor de uma obra valiosíssima como a que ele formulou ao longo de sua vida não poderia ser diferente, ele apesar de ter nascido no berço do evangelho batista tradicional, preferiu aderir ao credo da igreja oriental como a igreja ortodoxa Russa, Grega e Eslava que defendem a teologia alexandrina, que tem como pais apostólicos Clemente de Alexandria, Orígenes e Justino de Martire, embora o mesmo também tenha uma visão própria desenvolvida pelo seu profundo estudo teológico apresentado na sua trilogia.
Saliento mais uma vez que não podemos interpretar a Bíblia ao nosso bel prazer conforme achamos ser correto ou não, se faz necessário um estudo hermenêutico porque a escritura Sagrada foi escrito a um povo, a uma comunidade que tinha por sua vez toda uma cultura envolvida com seu usos e costumes conforme a época em que viviam e isso requer um entendimento histórico, alem de se conhecer grego e hebraico pois as traduções que temos como a de João ferreira de Almeida contem segundo algumas informações mais de 2000 mil erros de tradução, ele começou sua tradução quando tinha apenas 14 anos de idade. Então vejo a necessidade de realmente bebermos de fontes como as Dr. Champlin e ainda não nos limitarmos a ele, porque existe mintas outras obras para serem estudadas
Friso que todos os estudantes das escrituras Sagrada, que se isentam de ter uma obra monumental e de profunda erudição como a dele, vai estar perdendo muita informação que não se encontra em qualquer lugar, deve-se entender que a obra do Dr. Champlin é completamente acadêmica para estudantes sérios, sem barreiras que limitam agente de angariar tamanho conhecimento. Logo vejo o erro, nas lojas que vendem um material como esse para qual que pessoa que ainda não estar alicerçada na doutrina que pretende defender conforme a sua perspectiva, livre de condicionamento.
Eu só posso agradecer ao Dr. Russel Norman champlin por elaborar uma obra dessas aqui no Brasil., pois ela é ainda a única que existe na nossa nação com tamanha bagagem, os demais comentários do mesmo calibre só tem nos Estados Unidos, particularmente tenho lido vários comentários, mas ainda não vi uma com tamanha profundidade nas pesquisas feita por esse homem que dedicou sua vida em prol desta grande Obra.
Pessoalmente não vi um teólogo com tanta profundidade nos seus escritos, gosto muito do Norman Geisler, ff. Bruce, Louis Berkhof, Wayne Grudem, Russel shed, todavia prefiro Dr. Russel Norman champlin

Anônimo disse...

Concordo plenamente com as afirmações de cesar bombeiro

Anônimo disse...

Caro Bombeiro, vale lembrar que bombeiro vem de bombas. E, como conhecedor de suas peripécias, juntamente com um tal Dr Maionese, de Salvador, me reposta uma coisa? Como pode, o senhor, falar de Deus e Bíblia, se vcs, costumeiramente, devido à um tipo de fé duvidosa, explodem carros à esmo na capital baiana? Vcs são adeptos de q mesmo? São mulçumanos?

Anônimo disse...

como um bom apologetica; você deve ésta preperado para ler tudo e descubri a verdade e as heresia e rete a verdade. è como comer peixe tira as espinhas, Porque todas obras por melhor que for tem o dedo e pensametos dos homes.as pr josinaldo soares

Pedro disse...

Eu sei que o texto de Tessalonicenses se refere ao exame das profecias, mas sua comparação com o relato de Atos, onde os efésios queimaram seus livros não cabe, pois, apesar de ter coisas estranhas no comentário de Champlin, repito, o material em contexto histórico e literário, só isso, sem nem o comentário que ele interpreta a partir dessas informações já valem a pena, pois, como já disse, os comentários que dispomos em português são muito pobres em remontam o cenário histórico da época, diferente dos escritos efesesianos, que era pura magia e supertições, são duas realidades tão diferentes que nem cabem ser comparadas.

então...

Gleison Elias Pereira disse...

Tudo bem Pedro! Concordo com você ao dizer que os referidos comentários de Champlin possuem um considerável material com valor histórico e literário. Todavia, conforme comprovado acima, os mesmos também contém porções de textos com heresias.

Claro que isso não é motivo para você queimar seus comentários. Na verdade, meu comentário acima sobre os efésios queimando seus livros de ocultismo foi uma resposta ao comentário infeliz de Fernando César, ao dizer que qualquer crente pode ler livros de ocultismo, espírita, gnosticismos etc. Pois isso não é verdade! Você deve saber muito bem que a maioria dos nossos crentes não tem um sólido preparo bíblico e teológico para ler esse tipo de literatura, sem se corromper doutrinariamente ou abalar sua fé.

Assim, penso que os comentários de Champlin só seriam recomendados para aqueles que sejam capazes de diferenciar o que é verdade e heresias.

Anônimo disse...

Pouco a pouco o Senhor me faz entender, o q é a "sabedoria deste mundo". Imaginem, se o Eterno não nos revelasse o q necessitamos (Lc 10:21) e por Sua vez o Espírito Santos não nos ensinasse(Jo 14:26), certamente estaríamos a mercê dos "mestres". Não nos afastemos da simplicidade segundo Cristo (IICo 11:3)e nos esforcemos para não irmos além do q está escrito (ICo 4:6). Somente os "shows da fé" precisam de pirotecnia e de animadores que falem a mesma lingua, atraindo após si pessoas incautas, os quais serão entregues e arrastados em angústias da alma por desprezarem A PALAVRA DE DEUS. A Paz que excede todo entendimento em Cristo Jesus.

Anônimo disse...

ola pr. tenho as obras de dr. russel norman ,creio que assim como tem algumas interpretacoes (inverdaddes) tem tambem tesouros riquisimos acerca da historiografia ,costumes, fatos biblicos referencias otimas cabe a nos sempre olharmos com o olhar critico e ter pespicaz de um leitor e investigar minunciosamento pois nao pode se crer em tudo mas tem que se dar credito em alguns pontos de vista do autor ,e sabermos de forma alegorica separar as espinahs do peixa a paz

CONFERENCISTA RICARDO RIBEIRO disse...

Champlin admite, nos primeiros volumes de sua obra Enc. de Bíblia, Teologia e Filosofia, que gostava muito de ser admirado nos tempos de seminarista em palestras ou discorrendo sobre algo. Esse narcisismo o moveu a obras tão extensas no afã de glórias humanas, que o enveredou por caminhos obscuro, ocultos, heréticos. Nesta mesma obra ele considera Satya Say Baba (Feitiçeiro Indiano) um santo de Deus, ao qual passa a devotar toda admiração, indo mesmo à sua presença comprovar os "milagres" que efetua, entre os quais, desaparecer fisicamente, fazer frutas aparecer em suas mãos e moedas de ouro. Confira no vídeo abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=1fs1OBY82b0

Perdão por não citar, no momento, volume e páginas, pois não disponho da obra agora aqui. Mas, estou certo de que os que realmente aprofundaram-se nesta última coletânea, com certeza comprovam o que digo.

A última pérola inesquecível para mim, de sua pena foi, além de defender o restauracionismo e o perdão a Satanaz que: "...Jesus defendia uma teologia velha e ultrapassada".

A verdade porém, não deixará de ser verdade em seus escritos pelo fato de vir acompanhada de heresias, tanto quanto não deixará de ser verdade por ser pronunciada até mesmo por Satanaz. Os erros de Caio Fábio, por exemplo, jamais anularão suas grandes obras.

Fico triste com a Cruzada movida pelo prezado Pr. Ciro Sanches sobre as meninices do Rúbens dos Iluminatis, divulgando informações na maioria veridicas e anteriores a ele, tachando de Escartologia Aterrorizante, como se não aterrorizasse em si a Escartologia Convencional, divulgadas há décadas pelos teólogos pentecostais, sem contudo falar absolutamente nada a respeito das Heresias Comprovadas do Champlin, vendidos aos montes pela CPAD. Eu enviei-lhe solicitação de esclarecimento sem contudo haver resposta. Dois pesos, duas medidas...Deus nos guarde.

Paz.

Ricardo Ribeiro
Conferencista e Capelão da Unipas - União
Internacional de Pastores e Capelães/USA.
Visitem o nosso Blog: SOMENTE A VERDADE.
Link: http://resistenciacristaj.blogspot.com/

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado Ricardo Ribeiro, a Paz do Senhor Jesus

Obrigado pelo comentário e esclarecimento sobre esse detalhe existente na Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia. É muito importante que os leitores estejam cientes desses erros doutrinários e saibam separar o erro da verdade nessas respectivas obras.

Com relação a venda dessas obras pela CPAD, realmente é lamentável que até hoje essa editora não deu nenhuma satisfação ou explicação sobre a existências desses erros aos seus clientes.

Um abraço!

Anônimo disse...

1. É preciso entender que champlin é um pesquisador religioso, metafísico, 2. ele foi estudar o Sai Baba afim de mostrar aos céticos que existem milagres sendo feito desde Cristo até os dia de hoje,se sai baba professa Cristo ou não, não importa o que o pesquisador está querendo, qual quer, um, vai observar nos textos que ele escreveu pois está bem claro, a apologia do Doutor é contra os céticos, e não contra os religiosos como se observa.3. o que é heresia pra uns não é heresia para outros, o que chmplin advoga, é uma teologia orintal pregada pela Igreja ortodoxa Islava e alexandrina que ele a considera superior a teologia da igreja latina da qual pregamos aqui no ocidente, é bom lembrar que o Doutor é de familía batista nascido de berço protestante, sendo assim, quem levou a aderir a uma perspectiva exegética feita por, clemente de alexandria, Origines,Justino de Martiri que são os Pais apostólicos da igreja de Alexandria foi seus próprios estudos académicos. 4.se observarmos sua biografia veremos que ele é Phd em linguas Classicas, que isso siguinifica? que ele é doutor em Grego, hebraico e latim, sabemos que a Bíblia foi escrita nestes dois primeiros idiomas, sendo assim ele tem bagagem suficiente para dizer e provar através de teses o que ele pensa como realmente ele fez. 5. teologia velha e ultrapassada!? vamos então entender o que o doutor advoga: qualquer estudante sériu vai perceber que a teologia é um empreendimento contínuo. Na verdade a teologia progride. DEUS ao longo da historia da humanidade foi se revelendo de forma diferente para os Seus,DEUS se revelou a ABraão de uma forma e a Moises de outra,vejamos algumas passagem para entendermos melhor: "tu és pó e ao pó tornarás" notemos que coisa alguma é dita a cerca da alma, que não pode ser afetada pelo pó da terra. também nada é dito sobre a vida do futuro. O Pentateuco, de fato é mudo quanto à esperança futura. nada é dito sobre condenação e salvação. veja que não foi prometido nenhuma promessa de vida. agora vejamos Ecle.12.7 quanto a um contraste. "o homem, como pó, volta a terra; mas o espírito volta a DEUS que o deu". Agora está sendo dito algo. o mal no antigo testamento era atribuido ao própio DEUS, já no NT, sabemos que é satanas, o apóstolo Paulo teve revelaçães que nenhum outro teve e assim sucessivamente. 6. CPAD, tem sim que publicar obras como está todavia, aos estudantes, que precisam conhecer todas as teorias teológicas.

Eudênis disse...

Amados irmãos em cristo Jesus eu confesso que sempre desejei possuir esta obra, todavia ainda não havia visto nenhuma crítica ou análise com o teor desta que foi publicada. Entendo que em toda obra teológica haverá alguns pontos de vista conflitantes com o nosso e outros contrários a revelação bíblica, quanto a isto escrito está que:"...se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a Alva" Is.8:19-20. Que possamos ser mais diligentes no estudo e meditação das sagradas escrituras assim como os irmãos de Beréia faziam.
Desejo-lhes recomendar a leitura dos livros "A Sedução do Cristianismo e Escapando da Sedução" ambos são de autoria do Srs.Dave Hunt e T.A.McMahon (chamada da meia-noite).
Parabéns pelo alerta que foi dado ao povo de Deus que muitas vezes não percebe que há um cavalo de tróia entrando na igreja. Em cristo Jesus, Eudênis

Marco A disse...

Não sei o porquê de tantos comentários a respeito de uma obra cujo autor é perito na história do pensamento da cristandade! O que o autor em questão mais faz é justamente colher o fruto de não poucos séculos de apostasia em relação ao cristianismo do primeiro século. Champlin é apenas um testemunho de como as crenças pagãs se infiltraram nas interpretações deturpadoras em relação à Palavra de Deus.
Sua obra é exatamente aquilo a que se propõe: Um comentário enciclopédico da Bíblia segundo a complexa tradição da cristandade; tradição essa que se desenvolveu da confluência com as filosofias helênicas e as crenças pagãs.
É isso o que exatamente surge ao se aprofundar na história e nos conceitos da apostasia que se desenvolveu a partir do segundo século. É isso o que a obra de Champlin traz à tona! Uma bem completa coletânea das doutrinas que se desenvolveram em confluência com o helenismo e o paganismo.
E, com respeito às informações históricas, geográficas, culturais etc, bem o que o autor em questão faz é levantar um grande volume de informação com base em pesquisas sobre o universo bíblico; pesquisas essas bem mais avançadas atualmente.
Para encerrar, aqueles que realmente buscam a verdade da Palavra de Deus – e não as vaidades teológicas – devem, antes de tudo, comparar o que as Escrituras revelam; tal revelação se auto-explica ao longo dos textos inspirados, sim, a Palavra de Deus sempre deve ser a autoridade final quanto a qualquer comentário humano.
Às palavras de Jesus aos "teólogos/”sábios"/”eruditos” de então: Mateus 15:6-9!

Anônimo disse...

Penso eu, que devemos estudar sim, este comentário biblico...e fica um aviso aos leigos nas escrituras: leiam primeiro a palavra de Deus.depois havendo duvidas,busque apoio nos comentários biblicos.Mas, procure 2,3,4...ou mais comentários de autores diferentes. Assim você forma uma opinião bem fundamentada. Há! mais uma coisa, procure informações sobre os autores. Deus vos abençoe em cristo.

Marcos Duarte disse...

Mistico? Esotérico? Espírita?Sou teólogo de formação há mais de 20 anos e, vejo que os comentários bíblicos existem para ajudar na compreenção exegética, hermenêutica, grega e hebraica de determinadas expressões, contextos e cultura da época bíblica. O Dr. Champlin percebeu ser esta uma necessidade eclesiástica e, com um esforço pessoal e espiritual, se postou diante de tal desafio. Conheço e possuo esta coleção há muitos anos, e ao estudá-la, nunca percebi nenhum desvio das chaves bíblicas de interpretação e nem tampouco, tendências a não ser cristãs de elevar o nome de Nosso Grande Deus. Acrescente-se a isso, que o autor em questão orienta ao estudo da Bíblia ponto a ponto, não tomando para si mesmo louvor ou exaltação e, muito menos, pretende ser o dono da verdade,mas sim exalta a verdade Bíblica, o que demonstra ser um cristão de fato e de verdade.Lamento profundamente seus comentários, pois, em nada ajudará aqueles interessados em pregar a palavra "há tempo e fora de tempo", a usando com discernimento e iluminado pelo Espiríto Santo, como foi o Dr. Champlin.Repense sua posição e seja humilde no espírito do Senhor para repensar e se retratar de equívoco daninho cometido em seu blog.Que Deus continue o abançoando. Pr.Marcos Duarte

Anônimo disse...

concordo plenamente com Marcus Duarte. e por favor, Sr Gledson vc está denecrino a imagem do DR. Champlin queimando verbalmente sua obra influenciando as pessoas não comprarem uma obra monumental como está que custou 30 anos de dedicação,isto é ante ético e um desrespeito, levante um estatistica no seu blog e veja que a maioria está em desacordo com a sua crítica. champlin já está terminado outra obra Bíblica em São Paulo ele está ainda presente entre nos.
CESAR

Anônimo disse...

Irmão Gleison, estou querendo adquirir um comentário bíblico versículo por versículo, eu tenho o Comentário Bíblico Beacon, porém, é muito superficial, qual o irmão me recomenda. Por favor, responda no meu e-mail (wrcunha@live.com). Que Deus te abençoe. Excelente artigo.

Gleison Elias Pereira disse...

A Paz do Senhor Jesus!
O e-mail já foi enviado.

Anônimo disse...

DISCÍPULOS DO SABER EM CRISTO: CUIDAI QUE MUITAS BÍBLIAS JÁ FORAM INUTILIZADAS PELAS MÃOS DA IGNORÂNCIA, (IS.30.12) – PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL:
(AP.22.18) – Eu, a todo Aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: (AP.22.19) – Se alguém tirar qualquer cousa das palavras do livro desta profecia; Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das cousas que se acham escritas neste livro: (2CO.11.31) – O Deus e Pai do Senhor Jesus, que é eternamente bendito, sabe que não minto: (MT.7.23) – Então, lhes direi explicitamente: Caso adulterem a literatura bíblica, ainda que seja à guisa de atualização ortográfica, ou por qualquer outro motivo, também estarão anulando a palavra, e a Santa Lei de Deus; (MT.5.18) – porque em verdade vos digo: Até que o céu e a terra passem, nem um I ou um TIL jamais passará da lei, até que tudo se cumpra. (1CO.2.12) – Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente: (LC.10.2) – A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos: (SL.94.16) – Quem se levantará a meu favor, contra os perversos? (ÊX.35.10) – Venham todos os Homens hábeis entre vós, e façam tudo o que o Senhor ordenou; (LE.6.12) – pois quem sabe o que é bom para o Homem, durante os poucos dias de sua vida de vaidade, os quais gasta como sombra? (1PE.1.14) – Como Filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente, na vossa ignorância: (2JB.1.8) – Acautelai-vos para não perderdes aquilo que temos realizado com esforço, mas para receberdes completo galardão: (JB.6.45) – Está escrito nos Profetas: E todos serão ensinados por Deus: Portanto Aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vêm a mim: Aplicai-vos no estudo e recomposição da literatura bíblica, assim: (JB.12.13) HOSANA! BENDITO O QUE VEM EM NOME DO SENHOR E QUE É REI DE ISRAEL: São 50 letras e 3 sinais que reiteram o testemunho do Nosso Espírito, (HB.3.7) – pois assim diz o Espírito Santo: E TENHO ENSINADO O QUE VEM DESSE HOMEM: E QUE É ARNALDO RIBEIRO!

Anônimo disse...

FORJANDO OS VERDADEIROS DISCIPULOS DE CRISTO POR AMOR À CAUSA DOS JUSTOS:
O ESPÍRITO DOS SANTOS PROFETAS DESPERTA OS DISCIPULOS DO CRISTO VIVO, REVELANDO O QUE ESTÁ ESCONDIDO NAS PARÁBOLAS BÍBLICAS: (RM.9.1) – Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência; (RM.10.11) – porquanto a Escritura diz:
(MT.15.18) – E chamando Jesus os seus discípulos, disse: (MC.14.41) Ainda dormis e repousais? Basta! (LC.8.10) - A vós outros é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; aos demais, fala-se por parábolas, para que, vendo, não vejam, e, ouvindo, não entendam: (HB.12.25) - – Tende cuidado, não recuseis ao que fala; (LC.10.24) – pois eu vos digo que muitos profetas e reis quiseram ver o que vedes e não viram, e ouvir o que ouvis e não ouviram; (SL.78.22) – porque não creram em Deus nem confiaram na sua salvação: Vede o que o Espírito Santo nos revela ao recompormos as 116 letras e os 4 sinais, que compõem esta parábola:
(AP.2.7) – QUEM TEM OUVIDOS OUÇA O QUE O ESPÍRITO DIZ ÀS IGREJAS:AO VENCEDOR DAR-LHE-EI QUE SE ALIMENTE DA ÀRVORE DA VIDA, QUE SE ENCONTRA NO PARAÍSO DE DEUS:
(LC,20.17) – Que quer dizer, pois, o que está escrito? Quer dizer que hoje podemos ler, entender e saber ensinar que:
AGORA O CRISTO VIVO ESCREVE ENSINANDO O HOMEM A SER DE DEUS: QUER QUE O ESPÍRITO QUE É DONO DA VERDADE, ESPIRITUALIZE A ALMA QUE É DONA DA JUSTIÇA:
(JB.14.1) – Não se turbe o vosso coração, credes em Deus, crede também em mim; (EC.12.14) – porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até mesmo as que estão escondidas, quer sejam boas quer sejam más. (JÓ.33.3) – As minhas razões provam a sinceridade do meu coração, e os meus lábios proferem o puro saber: (LC.14.27) – E qualquer que não tomar a sua cruz e vir após mim, não pode ser meu discípulo; (1CO.1.19) – pois está escrito: (JB.21.14) – Este é o discípulo que dá testemunho destas cousas e que as escreveu, e sabemos que o seu testemunho é verdadeiro; (IS.28.26) pois o seu Deus assim o instrui devidamente e o ensina. ((1TS.5.18) – Em tudo daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus, para convosco.

Anônimo disse...

DOANDO FÉ CONSCIENTE E VIDA ESPIRITUAL EM CRISTO:
(GN.49.1) – AJUNTAI-VOS E EU VOS FAREI SABER O QUE VOS HÁ DE ACONTECER NOS TEMPOS VINDOUROS:(TB.12.6) – BENDIZEI AO DEUS DO CÉU, E DAÍ-LHE GLÓRIA DIANTE DE TODOS OS VIVENTES, POR TER USADO CONVOSCO DA SUA MISERICÓRDIA: O seu poder há de espiritualizar as almas de todos os Homens de bom senso, e de todas as Mulheres de boa fé; que alcançaram a verdade cientifica revelada na “EXORTAÇÃO DO SABER”; e que também já passaram a interagir com o Cristo Vivo, ao publicarem o chamamento que o nosso Pai Comum tem feito aos Filhos e Filhas do amor eterno, e que já começaram a renascer espiritualmente para a vida eterna.

Aqueles que buscaram as boas novas na “Bibliogenese de Israel”, já vislumbraram a herança espiritual que a Providência Divina nos legou, e também já saberão se auto-reciclar na Lei do Senhor que nos impõe a recomposição da literatura bíblica, para formar os Cristãos Conscientes que hão de consumar a Profecia Sagrada, conforme já tem sido demonstrado, assim:

(EX.) – O SEGUNDO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO ÊXODO: OS DESCENDENTES DE JACÓ NO EGITO. Estas 60 letras e 5 sinais recompostos, revelam que: É O CONJUNTO DE EX-SEGRÊDOS: O LEGADO DE VIDA CÓSMICA E O DESTINO DOS HOMENS.

Outro exemplo:

(JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS. São 26 letras e 3 sinais que dizem: CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

(JB.29.22) - RECEBEI O ESPÍRITO SANTO! (1CO.11.1) – SEDE MEUS IMITADORES COMO TAMBÉM EU SOU DE CRISTO, (2JB.1.2) – POR CAUSA DA VERDADE QUE PERMANECE EM NÓS, E CONVOSCO ESTARÁ PARA SEMPRE: (JB.18.37) – EU PARA ISSO NASCI E PARA ISSO VIM AO MUNDO, A FIM DE DAR TESTEMUNHO DA VERDADE; - (2CO.13.8) – PORQUE NADA PODEMOS CONTRA A VERDADE, SENÃO EM FAVOR DA PRÓPRIA VERDADE.

(Na verdade, Deus nos concedeu o livre arbítrio, a fim de que pudéssemos agir tanto divinamente como diabolicamente; segundo a nossa formação cristã, na proporção da nossa graça em Cristo Jesus).

Anônimo disse...

Eu tenho as coleção do antigo e novo testamento e é ótimo, esta sendo uma benção,eu acho que é falta de entendimento da parte de algumas pessoas ,porque se nós formos olhar até mesmo dentro das igreja a falhas, mas as pessoas tornam mais em criticos do que ouvintes,em fim eu acho que voce esta interpretando errado porque o estudo da varios ponto de vista. e nós sendo mais estudiosos nós chegamos nas melhores interpretação, assim tambem acontece com os nossos estudos eu tenho varias biblia e uso as para estudo e é uma benção nas pregações,abraços.

Gleison Elias Pereira disse...

Caro amigo,
A minha intenção é demonstrar que os referidos comentários de Champlin possuem contém porções de textos com heresias. Claro que, apesar disso esse material possui em seu conteúdo um certo com valor histórico e literário. Todavia, a infalibilidade e inerrância somente a Bíblia possui.

Robson Bezerra disse...

Cada vez mais me surprrendo com a falta de criatividade de nossos "lideres" atuais. São excelentes em criticar e achar defeitos em obras e pessoas que fizeram o seu melhor, tentando fazermos v0ltar ao tempo da Inquisição, da caça aos "hereges" ! Quando na verdade deveriam fazer os seus discipulos conhecerm o Caminho. Segundo creio, a verdade liberta e toda mentira não ira perdurar por muito tempo. Não vejo RN Champlim nem um outro escritor/teologo/pastor como sendo infalivel, isso creio só a Biblia!

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado Robson, Graça e Paz...

Dissestes muito bem. Só quero deixar claro que minha intenção aqui não é promover nenhuma perseguição ou "caça aos hereges". Cada um livre para escrever o que quiser. Esta postagem só vem reforça o que você acaba de confirma, ou seja, que somente a Bíblia é 100% verdadeira.

Meu propósito inicial ao postar estes texto foi conscientizar algumas pessoas que tinham a referida obra em tão alta estima que algumas vezes pareciam considerá-la inerrante. Ledo engano. Por isso, esta postagem prova que estudiosos, teólogos, professores, pastores e qualquer outra pessoa está sujeita ao erro. Porém, a eterna e soberana Palavra de Deus é isenta de quaisquer erros, portanto infalível e inerrante. Glória a Deus!

Abraços!

Anônimo disse...

Enzo Ferrari fabricava carros esportivos e Lamborghine fabricava implementos agricolas? Um dia Lamborghine comprou uma Ferrari e a mesma só dava problema entao foi a Enzo para solucionar e o mesmo se alterou pois nao solucionava o problema entao Enzo na sua falta de aceitacao disse a Lamborghine se queres melhor fabrica o seu próprio carro.
Chego a uma conclusao, se eu vejo falha em algo e acredito que aja esta falha, vou fazer o máximo possível pra ter uma conclusao final antes de criticar destrutivamente, mas uma critica construtiva é aceita pois perfeito foi somente Jesus Cristo como carne neste mundo, pois Jesus é Deus e o mesmo é perfeicao. Disse Jesus: Mateus cap.5 vers. 3
Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus;
O mundo é meramente uma ponte: Deveis passar por ela, e nao construir sobre ela a vossa moradia!

David Carvalho disse...

...De fato não somos perfeitos... e jamais seremos se formos tão tolerantes ou minimizarmos a nocividade de praticas ou ensinos contrários as Escrituras...
Triste é perceber o tanto de cristãos que são defensores de ensinos heréticos...
Não conheço pessoalmente o Sr. Russell Norman Champlin, e nem tenho nada contra ele, entretanto, os seus ensinos heréticos devem ser continuamente combatidos assim como o de qualquer outro, como o meu por exemplo.

MARIA disse...

Ufa! estava pesquisando preços na internet para comprar essa colação!!! Ainda bem que vi esse site! Valeu!

MARIA disse...

Quer saber? Eu posso até estar sendo radical. Mas, depois do que li acima, TODA OBRA DE CHAMPLIN pra mim agora É LIXO! Duuuuuuvido que alguém que creia na possibilidade de comunicação com os mortos e defenda isso tenha qualquer coisa a ensinar sobre cristianismo! Não importa se ele comentou toda a bíblia sozinho ou não! Um analfabeto sabe com simplicidade os fundamentos da salvação em Cristo Jesus e o Espirito de Deus é que orienta todo Aquele que tem a Cristo em seu coração verdadeiramente. E o Espirito de Deus testifica toda verdade! Espiritismo É DOUTRINA DE DEMONIOS!!!! Jesus não doutrinou nada relativo a comunicação com os mortos! Se isso fosse possível Jesus não teria disciplinado a matéria e deixado para Champlin fazê-lo???? Ou para Kardec ou sei lá quem????? Que absurdo!!!!

Gleison Elias Pereira disse...

Maria, a Paz do Senhor

Obrigado por sua participação. Seu comentário ajudará outras pessoas a tomarem a uma descisão correta.
Abraços.

Gleison Elias Pereira disse...

Olá pessoal!

Recomendo para todos vocês a Série cultura bíblica. São comentários versículos por versículos confiáveis. Acesse o link seguinte e conheça: http://www.vidanova.com.br/categorias.asp?codigo=7

Esses mesmo comentários podem ser comprados com 40% de desconto no site da Erdos. Aqui: http://www.erdos.com.br/detalhe_pro2.php?id=4662

E também aqui: http://www.erdos.com.br/detalhe_pro2.php?id=3759

É só copiarem o link e colar no navegador para visualizarem.

Anônimo disse...

Caro Gleison!

Na interpretação de Chanplin do Novo Testamento não vi afirmações explícitas de que ele defende os pontos principais do espiristimo.Considero que ele tem uma visão talvez mais profunda de alguns conceitos (conceitos que talvez não possam ser provados, mas que são apenas conjecturas, opiniões pessoais sobre determinados assuntos,mas que talvez tenham valor de reflexão).Se formos abordar a possibilidade de os mortos se comunicarem com os vivos, isso por si só, não caracteriza um ponto de vista a favor do espiritismo (o espiritismo é bem mais amplo e corruptor da palavra de Deus do que isto).Da possibilidade de os mortos comunicarem-se com os vivos até a Bíblia deixa margem para esta crença (o eísódio de Saul com a necromante é um exemplo).Nunca li na Bíblia uma afirmação de que os mortos não podem se comunicar com os vivos (existe esta afirmação?).Suponhamos que sua resposta seja de que realmente não existe esta afirmação : pois bem, não existe mas também não existe uma afirmação categórica de que se comunicam.Pois bem, pelo sim pelo não, para nós cristãos, se Deus em sua palavra não nos deixou ou deixou tal ensino de uma forma clara...uma coisa Ele deixou clara para os cristãos (e para seus servos antes de Cristo): Ele proibiu sistematicamente a prática de consultar os mortos.
Considerando que a reencarnação é o ponto mais forte do espiritismo não vi no texto apresentado lá em cima nada que induza a acreditar que Champin apóia tal idéia.

Anônimo disse...

concordo com esse anônimo, boa argumentação!!!

Cesar Trindade

Anônimo disse...

Maria, pela a sua argumentação, já se percebe uma pessoa leiga no assunto, aquelas que ficam no banco da igreja todo domingo, ouvindo só o pastor falar, vc não disse nada, apenas o que se mais ouve de evangélicos condicionados, sua argumentação está dispensada, vá estudar mais um pouco para chegar a pelo menos um conhecimento básico.

Cesar.....

Anônimo disse...

poxa hein! como repercutiu esta materia. porque que no lugar de ficarmos nos digladiando nao vamos fazer o que Jesus nos ensinou em Mc. 16.15?
Acredito que assim nao teriamos tempo para brigas.

°•ஜ♥ Sol ♥ஜ•° °•ஜ♥ ♥ஜ•° disse...

Caro amigo, eu li o livro de Romanos e fui muito abençoada, acredito que, Russel Normam Champlin,é um homem com uma mente privilegiada, sei que existe muitos textos que ele escreveu que são de difícil aceitação, porém é preciso ler sem medo, pois há coisas que ñ está em nosso nível de entendimento, o importante é ñ julgá-lo, pois o que ele escreve é magnífico.Sou formada em Letras e no primeiro momento que li o livro de Romanos fiquei com certo receio, pois o que ele me mostrava era um mundo de conhecimento extraordinário, o qual meu entendimento ñ alcançava ainda, mas com o passar do tempo fui orando e pedindo ajuda ao Espírito Santo, então minha leitura foi ficando cada dia melhor, pra dizer a verdade, fiquei maravilhada com cada texto que lia. Sentia tanta vontade de ler que cheguei ficar oito horas lendo, quase sem parar... Acredito que devemos ver tudo com muito cautela, mas acredito que esse novo testamento interpretado foi p/ mim uma benção de Deus. Forte Abraço.

Gleison Elias Pereira disse...

Olá Sol,
Eu creio que uma pessoa com certa maturidade e discernimento pode ler e até ser beneficiada com a leitura das obras de Champlin, como foi seu caso na leitura de Romanos.
Eu não condeno toda a obra dele, mas é importante ressaltar esses erros tendo em vista que boa parte dos estudantes brasileiros consideram esses comentários versículo por versículo como uma autoridade máxima sobre interpretação. E isso não é verdade como ficou comprovado com a exposição desses erros.
Leia minha outra postagem intitulada "
Mais erros no comentário 'O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo' de R.N. Champlin" no link a seguir: http://gleisonelias.blogspot.com/2011/10/mais-erros-no-comentario-o-novo.html
Abraços!

viciado em filmes disse...

Meu caro irmão,
Muito boa a sua observação, é claro que o amado entende, que é muito dificil para os cristãos encontrarem materiais didáticos bons na nossa era,
Principalmente historicos, Champlin é um ótimo historiador, onde encontramos muitas informações,
Concordo com a sua ideia de classifica-lo de forma diferente, mas não retira-lo de nossas bibliotecas particulares,
Póis Paulo disse: "Examinai tudo, retém o que é bom", mas é interessante você colocar os pontos obscuros dos seus livros para que possamos analisar mais calmamente,

fique na Paz do Senhor.

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado irmão, Graça e Paz.

Antes de qualquer coisa, recomendo a você a leitura da minha segunda postagem sobre o assunto intitulada "Mais erros no comentário “O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo” de R.N. Champlin".
Você poderá ler esse segundo texto acessando o link a seguir: http://gleisonelias.blogspot.com.br/2011/10/mais-erros-no-comentario-o-novo.html

Abraços!

Rogério Limas disse...

Amado, pode enviar no meu e-mail, também sobre qual comentário bíblico recomenda? rogeriolimas@gmail.com
Obrigado!

Anônimo disse...

entao interpreta voce bomsao

Anônimo disse...

Paulo
Acho que os assembleianos que nao conseguem entender mas conseguem julgar devem continuar lendo so' suas "Licoes Biblicas CPAD".Os judeus tem seus livrinhos favoritos o talmude, os catolicos romanos as bulas e sumas teologicas de aquino, os protestantes tem institutas de calvino, sinodos e os pentecostais tem a CPAD.
So uma minoria tem condicao de ler uma obra de Champlin; nao trata de doutrina, tradicao de igreja nem estatuto de igreja esta muito acima mais profundo e elevado que uma mente religiosa acha,
Tudo que combina com a doutrina da igreja deles e' verdade tudo o quee nao combina comeles ou melhor com os oculos deles e' heresia.
Quase ninguem conhece historia da igreja, interpretacao,
mas gostam de julgar o que e' heresia e oque e' verdade de acordo com o QUE e com QUEM( SUAS PROPRIAS MENTES E SEUS PREINCIPAIS LIDERES OU IDOLOS)
Ate agora vejo poucos que podem dizer algo a respeito de Champlin.
Lamentavelmente,reflete a realidade da maturidade da igreja evangelica no Brasil que muitas vezes deixa de ser igreja e nem evangelica so' fica a opiniao de muitos leigos Laodiceia.


Meu nome e' Paulo

Marco Oliveira disse...

É realmente muito curioso haver tantos comentários a respeito de uma obra cujo autor é perito na história do pensamento da cristandade! Isto é, pouco ou nada perito na história do cristianismo verdadeiro, o do 1º século.
O que o autor em questão mais faz é justamente colher o fruto de não poucos séculos de apostasia em relação ao cristianismo do primeiro século. Champlin é apenas um testemunho de como as crenças pagãs se infiltraram nas interpretações deturpadoras em relação à Palavra de Deus.
Sua obra é exatamente aquilo a que se propõe: Um comentário enciclopédico da Bíblia segundo a complexa tradição da cristandade; tradição essa que se desenvolveu da confluência com as filosofias helênicas e as crenças pagãs. Ou seja, uma tradição que se opõe à verdade das Escrituras.
Dois exemplos claros de tudo isso são os comentários sobre Atos 12:15 e sobre Mateus 14:26; estes nada mais revelam do que as origens pagãs do conceito da imortalidade da alma.
Em contraste, a Palavra de Deus, a Bíblia, ensina clara e inequivocamente que a alma (hebraico: נפש - néfesh; grego: ψυχή - psykhé) morre, isto é, cessa de existir. Apenas para citar quatro passagens que o comprovam: Salmo 146:4; Eclesiastes 9:5 e 6; Ezequiel 18:4 e João 11:11-13.
Porém, os falsos ensinos – chamados teológicos – amplamente aceitos pelas igrejas, seja católica, seja evangélica, propagam a ideia de que a alma é imortal. Tais igrejas ensinam que a alma não morre, mas não gostam de investigar a origem não bíblica de tal ensino. Assim, alguns ficam surpresos quanto à obra de Champlin indicar, de forma mais direta, aspectos das origens pagãs da crença, por exemplo, de que a alma é imortal.
É isso o que exatamente surge ao se aprofundar na história e nos conceitos da apostasia que se desenvolveu a partir do segundo século. É isso o que a obra de Champlin traz à tona! Uma bem completa coletânea das doutrinas que se desenvolveram em confluência com o helenismo e o paganismo. É o que vemos especialmente quando o assunto é imortalidade da alma.
E, com respeito às informações históricas, geográficas, culturais etc, bem, o que o autor em questão faz é levantar um grande volume de informação com base em pesquisas sobre o universo bíblico; pesquisas essas bem mais avançadas atualmente.
Para encerrar, aqueles que realmente buscam a verdade da Palavra de Deus – e não as vaidades teológicas – devem, antes de tudo, comparar o que as Escrituras revelam; tal revelação se auto-explica ao longo dos textos inspirados, sim, a Palavra de Deus sempre deve ser a autoridade final quanto a qualquer comentário humano.
As palavras de Jesus aos “teólogos”, “sábios”, “eruditos” de então: Mateus 15:6-9!

NIVALDO PEREIRA disse...

O QUE ME ENTRISTECE É O FATO DE UMA OBRA ESPETACULAR COMO A DE CHAMPLIM, NÓS FICARMOS ANALISANDO A SUA OBRA SÓ POR UMA LENTE, QUANDO A OBRA DE CHAMPLIN NA VERDADE É A MAIOR FONTE DE PESQUISA TEOLÓGICA E FILOSÓFICA DA ATUALIDADE. EU TENHO TODAS AS OBRAS DE CHAMPLIN, E CONFESSO: TEM SIDO DE GRANDE VALIA PARA MIM COMO TEÓLOGO E ESTUDANTE DE FILOSOFIA. POR ISSO ACONSELHO- A OLHAR A OBRA NÃO SÓ COM UMA LENTE TURVA E OBSCURA, MAS OLHEM POR OUTRA LENTE E PROCUREM EXTRAIR O QUE A DE MELHOR NA ÁREA DE TEOLOGIA E FILOSOFIA. A MAIORIA DOS TEÓLOGOS MADUROS, RECONHECEM A GRANDIOSIDADE DAS OBRAS DE CHAMPLIN. ESTAS DISCUSSÕES INÚTEIS PARTEM DAQUELES QUE ESTÃO PRESOS AOS DOGMAS, CUJA TEOLOGIA ESTÁ RAQUÍTICA, ANÃ, PRESA A SUPOSTAS ``VERDADES´´ QUE OS CERCAM. POR ISSO MEUS AMIGOS DIGO QUE SÓ TEM A PERDER AQUELES QUE NÃO APROVEITAM A OBRA DE CHAMPLIN PARA CRESCEREM NO CONHECIMENTO ( TEOLÓGICO E FILOSÓFICO) UM ABRAÇO A TODOS.
Pr- NIVALDO PEREIRA ( Pr. PRESBITERIANO)

Marco Oliveira disse...

Que ligação pode haver entre a Palavra escrita de Deus e as ideias humanas (“teologia” e “filosofia”)?
A chamada Teologia e a chamada Filosofia pouco ou nada têm que ver com a revelação das Escrituras Sagradas!
Fica o alerta em Colossenses 2:8!
E, é claro, para frisar, as palavras do Filho de Deus: Mateus 15:6-9!
A Filosofia e sua irmã gêmea maquiada, a Teologia, tendem a invalidar as Escrituras!
Vejam o ensino da maioria dos teólogos, que dizem que a alma é imortal! A crença na imortalidade da alma contradiz a Escritura.
Vejam Ezequiel 18:4 e comparem com Gênesis 2:7, 17, 3:19 e 5:5 – Adão não tinha uma alma; ele era uma alma, que, por fim, devido ao pecado, morreu.

Prof.Roberto disse...

Sr.Gleison não seja tao burro e ignorante o unico que champlim fez foi interpretarlo na visao que os judeus daquele tempo comprendian no caso do AT e do NT ele só o incluio na perspertiva que tenham os cristaos helenisados de roma na visao grega de sus creenças e claro ele so acota nos escritos originais acaso porque acha qye tantos eruditos e teologos usan seus livros como referencia? Isso nao significa que en teoria se adpate a seu evangelismo post moderno da teologia idiota da prosperidade e todos esos Pseudos evangelhos marranos que so falam besteras duvido que vc acha até concluido ensino medio e quer discutir erudição? Se ligue estude primeiro depois discuta con carater erudito e academicamente que por querer interpretar a biblia crua e nua tem um povao tao tolo sustetando tudos esses estelionatarios da fé. Aff que nojo me dá, ler tanta absurda ignorancia e falta de nivel academico das escrituras!

Gleison Elias Pereira disse...

O tom das tuas palavras revelam o seu nível de educação acadêmica(educação?). Já a sua ortografia, professor Roberto, revela a sua capacidade de escrita (professor?). Faça um bom uso desses livros!

Anônimo disse...

Apesar do sr observar essa interpretação como ruim oque eu concordo, mas o problema de fato ainda não e isso, o maior desse comentarista é que ele é universalista.

Gleison Elias Pereira disse...

Muito bem observado! Obrigado pelo comentário.

Anônimo disse...

É ridículo esse blog. Parece que o criador dele quer é aparecer. Tira a trave do teu olho primeiro irmão .!!!!!!!!!!!!!!!!! Pose não ganha almas não.

Anônimo disse...

não li os comentários de Russel Norma Champlin ,mas se é verdade o que o nosso irmão em cristo Gleison mostra das interpretações dos versículos bíblico,os erros e tedências espíritas nos comentários feitos por Russel ,merece da nossa parte repúdio de toda a obra dos comentários,a questão aqui é que Russel está interpretando a bíblia ( a palavra de Deus-nosso guia para a vida espiritual-nosso relacionamento com o nosso criador ) e não um livro comum , que em nada afetará a comunhão da criatura com o criador,se ha heresias em uma obra ela deve ser combatida,pelo fato do irmão Gleison está denunciando os erros nela contida, ele não tem a obrigação de fazer uma mesma obra melhor,assim por combatermos uma heresia na igreja não temos a obrigação de produzir nenhum trabalho literário no assunto em que estamos combatendo,basta mostra o erro,se Russel está ensinando heresias nos seus trabalhos literário,tem que ser desmascarado,pois irá levar muitos irmãos sem entendimento e discernimento a interpretação errada da bíblia,é o que vocês que estão criticando o irmão Gleison querem ? leiam. provérbios.29:18., precisamos de mais atalaias.

Gleison Elias Pereira disse...

Paz meu irmão!
Seu comentário contribui em muito para elucidar o verdadeiro objetivo desta postagem.
Abraços!

Anônimo disse...

OLÁ TODOS IRMÃOS EM CRISTO OU SERA QUE NÃO DEVO CHAMA-LOS ASSIM? POR SER UM LEIGO BUSCANDO CONHECER A PALAVRA TANTO QUANTO OUTROS ESSA CONTENDINHA BÔBA NOS AFASTA DE CRISTO NÃO OBSERVARAM ISSO? TEMOS QUE TER CHAMPLIM {E QUERO} ALAN CARDEK E MUITOS OUTROS EM NOSSA BÍBLIOTECA, A PALAVRA TEM DE SER CONHECIDA ATRAVEZ DE OUTROS CONHECIMENTOS TAMBÉM PARA PODERMOS SEPARAR O JOIO DO TRIGO, POR FAVOR SEJAM MAIS ADULTOS PRINCIPALMENTE VC QUE CRITICA A OBRA DO CHAMPLIM.

Freitas dos Santos disse...

É surpreendente que existam tantas pessoas inconsequentes de raciocínio que voltadas para a sua síndrome estagnante da razão retrocessa do saber se fechem em torno de um próprio partido recalcado depreciativo de espirito alto-critico venenoso, para com a espiritualidade de muitos. Por isso me aproveitando do ensejo quanto a este fato lastimável venho à lançar mão de um pensamento socrático bem proveitoso por sinal, vejamos:
Uma coisa eu sei é que nada sei, e se digo que sei é porque deixo de saber o que sei por apenas saber, sendo o que sei tão somente a proposta do que não sei e ao descobrir que não sei chego a nítida compreensão do que eu já sei.
Portanto não existe e nunca existirá uma verdade absoluta mais, sim, uma centralidade única de real veracidade absoluta a qual é Cristo em que de acordo com este pensamento socrático, é bem diferente. Como já dizia Santo Agostinho:
“O primeiro passo na busca da verdade é a humildade. O terceiro, a humildade. E o ultimo a humildade. Naturalmente isso não significa que a humildade seja a única virtude necessária para o encontro e gozo da verdade; mas se as demais virtudes não estiverem precedidas, acompanhadas e seguidas da humildade, a soberba abrirá caminho e destruirá suas boas intenções” (SANTO AGOSTINHO).
Pena que nosso irmão Gleison Elias Pereira ainda não tenha, durante o transcorrer de sua vida cristã, se dado conta desta realidade para com a vida espiritual de todos nós. Pois existem aqueles que, de acordo com Santo Agostinho, em relação a busca da verdade se mantem na seguinte posição:
Há pessoas que desejam saber só por saber, e isso é curiosidade; outras, para alcançarem fama, e isso é vaidade; outras, para enriquecerem com a sua ciência, e isso é um negócio torpe; outras, para serem edificadas, e isso é prudência; outras, para edificarem os outros, e isso sim é caridade." (S. Tomás de Aquino). Espero em Deus Gleison, para o seu próprio bem, que você não seja um destes.

Paulo Roberto Freitas dos Santos
Especialista em Magistério do Ensino Religioso Evangélico

Gleison Elias Pereira disse...

Meu caro especialista em Magistério do Ensino Religioso Evangélico Paulo Roberto Freitas dos Santos, gostaria que você abrisse o seu comentário do "Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo” de R.N. Champlin e consultasse as citações que postei neste post. Se algumas destas citações não estiverem no referido comentário, eu terei a humildade de reconhecer meu erro e até corrigir este posto. Mas, se estas citações estiverem no comentário, saiba que a função desta postagem foi apenas informar as pessoas acerca dos erros contidos nesse livro.

Leandro Albernaz disse...

O meu povo está sendo destruído porque lhe falta conhecimento (Oséas 4.6)
Não abandoneis a graça, muitos querem perturbar os filhos de Deus com outras filosofias baseadas nos sofismas humanos, discursos sedutores, em vez de apoiar em Cristo (Col 2,4-8).
Não passei daquele que vos chamou á graça de Cristo para um evangelho diferente. De fato, não há dois evangelhos: há pessoas que semeiam a confusão entre vós e querendo perturbar o evangelho de Cristo.(Gl 1,6-7).
Não que existem dois evangelhos, mas muitas pessoas para justificar, seus intuitos, suas doutrinas, usam do contextos bíblicos, das palavras de Jesus, das cartas apostólicas do novo testamento e outras filosofias, a mais
Na tentativa de dar credibilidade a uma doutrina criada em falsos prosélitos.
Se alguém pregar doutrina diferente da que recebeste, seja excomungado, ou mesmo que seja um anjo, que ele seja lançado no inferno (Gl 1,8-9).
A palavra de Deus é dura, contra este que querem deturpar, profanar os textos bíblicos, serão condenado por isso.
É para que sejamos homens livres que Cristo nos libertou. Ficai, portanto, firmes e não vós submetais outra vez ao jugo da escravidão (Gl 5,1).
Todas estas citações bíblicas foram escritas para que tivéssemos conhecimento e que estas coisas existem e estão no meio de nos, e iriam perturbar os cristãos, e muitos deixariam de viver o evangelho de Cristo e seriam seduzidos por outras doutrinas perniciosas e diabólicas.
Os homens criariam outras doutrinas e outros evangelhos, até mesmo usando o nome de Jesus, suas citações, mas não o aceitariam como seu salvador, seu redentor, para estas doutrinas Jesus seria um profetas, um homem luz, um homem que viveu a perfeita caridade, mas não seria o Cristo filho de Deus que veio a este mundo libertar o homem da escravidão da morte, a ressurreição, dando lhe uma vida eterna, e o redimindo de todos os pecados.
Em vez de se apoiar em Jesus Cristos sua vida, preferiram aceitar as doutrinas espalhadas, pelos espíritos embusteiros, e doutrinas diabólicas que cada dia mais invadem nosso mundo.(1Tm 4,1ss)
Hoje o mundo esta sendo invadido por estas situações, voltando muito mais para o paganismo, porque muitos meios de comunicação, sejam redes de televisão, internet, cinema, e outros mais, estão investindo pesado nesta concepção, porque esta é a vontade de Lúcifer, que o homem deixe de acreditar na vida eterna, naquele que tem Poder de dar esta graça ao homem,Jesus Cristo, e ela a é dada gratuitamente, bastando ao homem aceitar esta única redenção.
Acredito que o intuito de Gleison Elias Pereira não denegrir a obra de Champlin mais sim alertar o povo de deus de uma erro ou concepção pessoal de Champlin , tem por graça de Deus orientar os Cristãos, sob o olhar Deus, uma orientação bíblica , para que assim os que foram batizados e por descuido, ou negligência, ou mesmo por não ter tido uma boa formação cristã, estão vivendo uma vida longe da verdade, possam agora se orientar sobre este mal que nos circundam cada vez mais.

josé neto disse...

Bom, sei que pode parecer meio tarde para publicar meu comentario, mas gostaria de deixar meu adendo. Antes de mais nada gostaria de deixar claro que sou pastor assembleiano, ortodoxo e apologista de um evangelho puro e simples. Reconheço também a legitimidade da preocupação do autor do post em criticar a obra destacada, mal seria se não existissem pessoas preocupadas com a verdade e um desejo ardente de defendê-las. A verdade é que o evangelho de nosso senhor sempre enfrentou deturpadores que por boa ou má intenções acabam por prejudicar a sã doutrina, e muitos homens a seu tempo, creio que foram levantados por Deus, ainda que alguns de nosso tempo possam achar isso um tanto retrógrado, para combater falsos ensinos. Quando cursei teologia, uma grande maioria dos professores desqualificavam a obra de champlim, o problema é que quando chegávamos na disciplina de exegese ele (champlim) era a principal fonte de pesquisa. Devamos reconhecer a escassez de material no Brasil, diferentemente do que acontece na Alemanha, Inglaterra ou EUA. Talvez a extensa difusão do champlim se deva por não existir em língua portuguesa um material mais exaustivo que sua obra. Ademais o mesmo é phd em línguas clássicas, o que ajuda muito quando a pesquisa precisa ser feita a partir dos originais. No caso dessa obra o que precisamos fazer é ser maduros e saber fazer aquilo que Paulo nos ensina: examinais tudo, retendes o bem. O problema é que alguns transformam em regra de de fé o que deveria ser apenas uma fonte de pesquisa. A obra como um todo é boa. Agora, se alguém ainda é infante e ainda não tem suas convicções consolidadas e titubea entre vários pensamentos e se deixou persuadir pelo relativismo dominante que prega o fim das verdades absolutas e que cada um tem sua própria verdade, então não leia. Tenho a enciclopédia do champlim e é verdade que há momentos que chega ser chato e amador sua insistência em doutrinas como o universalismo, a paranormalidade, a reencarnação entre outros... Mas não é nada que ele oculte de maneira subliminar no texto que possa passar desapercebido pela mente de alguns desavisados, está estampado de forma clara. Mas no geral já me ajudou extensamente em vários estudos, todos ortodoxos. O NTI do heterodoxo Champlim, bem como o novo testamento comentado do ortodoxo willian hendrisken são obras que almejo ter ainda na minha biblioteca, já convencido de antemão que discordo de muitas proposições ali exauridas , não só do champlim, mas de muitos outros autores ditos ortodoxos mas cujas proposições discordo. Se pensarmos bem os piores lobos são aqueles traves tidos de ovelhas que têm inundado nossos púlpitos com suas heresias e jargões discorrendo de forma irresponsável e ilariante uma mensagem que mais parece uma palestra de auto-ajuda abarrotada de clichés e frases de efeito, onde o epicentro teológico sempre é a malfadada teologia da prosperidade que é próspera só pra eles. Não estou querendo polemizar , apenas deixar minha opinião e impressoes da referida obra e dizer que minhas experiências enquanto leitor do NTI foram todas profícuas sem que isso claro de alguma forma tenha afetado minhas convicções na ortodoxia. Um abraço a todos.

Gleison Elias Pereira disse...

Prezado José Neto, seu comentário é super bem-vindo! Além de tudo sua percepção e maturidade ajudará muitos iniciantes nos estudos teológicos a terem equilíbrio em tudo.

Gerson Eziom disse...

Mesmo que o NTI tenha ensinos que muitos desprezam não há como negar que em termos de NT e comparação de traduções bíblicas e em vários outros aspectos esta é uma obra excelente.Na minha juventude eu a li inteira umas 10 vezes.E isto não mudou em nada a minha crença,pelo contrario me edificou,e me fez crescer.Cabe a cada um reter o que á bom.

Gleison Elias Pereira disse...

Gerson Eziom, Graça e Paz!
Se todos tivessem a sua maturidade e preparo para ler esse tipo de obra, pode ter certeza que eu a recomendaria para todos. Mas, infelizmente nem todos estão preparados e pode se deixar facilmente levar por erros doutrinários. Abraços.

Paulo Roberto Guimaraes Silva disse...

- A verdade ou a mera interpretação do que seja verdade não está nas mãos de nenhuma pessoa,denominação ou Igreja e nem o papa é dono da verdade...só Jesus detém o conhecimento pleno...( pilatos perguntou a Jesus o que seria a ' verdade '... Jesus nem respondeu..
Eu não sou espirita e muito menos esotérico...mas nao concordo com essa mentes retrógradas, ultra ortodoxas que não tem o conhecimento pleno e querem impor suas ideás ressequidas pelo pó e pela poeira da ignorancia... respeitem as idéias diferentes...

Gerson Oliveira disse...

Todo comentário bíblico esta fadado a opinião do Autor. Sem querer defender Champlin mas tais distorções teológicas permeiam todos os meios e os vejo por todos os lados, quer sejam livros, estudos, comentários ou pregações. Por isso, pessoalmente aplico meu filtro(analise critica e cética) sobre tudo que leio ou ouço por ai.

Mauro Neves disse...

Você está corretíssima.Jesus mandou examinar as escrituras, pois julgais ter nelas a vida eterna.E são elas que de Mim testificam. Todos esses estudos feitos por esse ou aquele estudioso são FALSOS. Leiam a Bíblia. SÓ A BÍBLIA.

Postar um comentário

Caro internauta, fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. Deus te abençoe!

 
Powered by Blogger